THAINÁ DUARTE

Em Aruanas, atriz faz raio-x da violência contra a mulher: 'Sororidade pode salvar'

Carol Quintanilha/TV Globo

A atriz Thainá Duarte toma banho de biquíni em rio do Amazonas na série Aruanas

A atriz Thainá Duarte em cena de Aruanas; personagem aborda relacionamento abusivo na série

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 05/05/2020, às 05h30

Aos 24 anos, Thainá Duarte é um rosto novo na TV. Seu terceiro trabalho na Globo está no ar às terças: é a série Aruanas, na qual interpreta uma jovem atormentada por um relacionamento abusivo. Clara apanhava do namorado, mas tem vergonha de falar disso. "Ela vai se transformar e mudar sua visão [até o fim da temporada]. A mensagem dela é a de que sororidade pode salvar a gente, as mulheres", diz.

A atriz paulistana do bairro de Santana (zona norte da capital) apareceu na TV pela primeira vez em I Love Paraisópolis em 2015 como uma uma adolescente da periferia que sonhava em ser bailarina.

De lá para cá, ela pegou papéis bem mais densos, como o de Anita, a personagem assassinada na minissérie Se Eu Fechar Os Olhos Agora (2019), jovem em torno da qual vários podres de pessoas importantes foram sendo revelados na trama.

A ambientalista que Thainá interpreta em Aruanas se torna uma brava guerreira na defesa de um reserva florestal, mas sua história vai além do ativismo. A personagem foge do ex-namorado que a persegue até a fictícia cidade de Cari, no interior do Amazonas, e assim é traçado um raio-x da violência contra a mulher e da dificuldade das vítimas em entender o que passam.

Em determinado momento, ela tem de enfrentar esse cara e desabrocha, pois compreende que não é culpada pelo que passou. Entende, então, o que precisa fazer para ajudar outras pessoas.

Temas pesados

"Tanto o tema do relacionamento abusivo quanto a exploração infantil são temas pesados que a minha personagem se envolve. Foram temas que eu pesquisei bastante antes, porque eu sabia que não seria fácil no set. Mas a gente presta o serviço de servir como veículo para passar essa mensagem. São cenas difíceis mas que têm um propósito", comenta a atriz.

Clara representa o olhar do telespectador dentro da vida louca que as ativistas seniores enfrentam. Natalie (Débora Falabella), Verônica (Taís Araujo) e Luiza (Leandra Leal) são ambientalistas já endurecidas por conviver há bastante tempo com a realidade retratada na série, e a personagem de Thainá é a estagiária.

"A gente até conversou na preparação sobre quantos estagiários chegam para trabalhar em uma ONG e desistem. Mas também tem um lugar de muito apoio das meninas. Elas apoiam o crescimento dessa personagem como ativista e como mulher", diz a jovem atriz ao Notícias da TV.

Clara, por exemplo, liberta meninas feitas escravas sexuais em um acampamento de garimpeiros. A personagem não aceita não ajudar. "São só crianças", fala ela, quando é contestada por isso não ser o foco da ação, que seria impedir uma mineradora de explorar uma reserva florestal. 

A atriz torce para que essas sequências repercutam muito na TV. Ela diz que espera que o público se transforme com a série, assim como aconteceu com ela. Aruanas tem dez episódios. Nesta terça (5), vai ao ar o segundo. 

Tudo sobre

Globo Thainá Duarte

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook