Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

GINA CARANO

Demitida de Mandalorian, atriz anuncia filme e dispara: 'Não podem me cancelar'

Divulgação/Disney+

Gina Carano segura uma arma em cena de The Mandalorian

Gina Carano em The Mandalorian; após ser demitida da série, atriz anunciou que irá produzir um filme

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 12/2/2021 - 16h43

Demitida de The Mandalorian após comparar o atual momento político dos Estados Unidos com o Holocausto do período da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), a atriz Gina Carano anunciou nesta sexta-feira (12) que irá produzir o seu próprio filme com o auxílio do site conservador norte-americano The Daily Wire.

Em entrevista ao site Deadline, a atriz disse estar realizando um sonho com a produção de um longa-metragem e disparou contra fãs, artistas e ex-empregadores que a criticaram por suas publicações polêmicas nas redes sociais.

"The Daily Wire está me ajudando a realizar um sonho: desenvolver e produzir meu próprio filme. Eu pedi muito e minhas preces foram atendidas. Eu estou mandado uma mensagem direta àqueles vivendo com medo do cancelamento pela máfia totalitária. Eu estou apenas começando a usar a minha voz, que está mais livre do que nunca, e espero que isso inspire os outros. Eles não podem me cancelar e nos cancelar se nós não deixarmos", esbravejou.

Segundo a publicação, o Daily Wire pretende disponilizar o filme, que também será estrelado por Gina, apenas para membros exclusivos de sua divisão de entretenimento --ainda em desenvolvimento. Mais detalhes sobre a produção não foram revelados.

"Não poderíamos estar mais animados em trabalhar com Gina Carano, um incrível talento dispensado pela Disney e Lucasfilm por ofender a autoritária esquerdista de Hollywood. É para isso que o Daily Wire existe: fornecer uma alternativa não apenas para os consumidores, mas também para os criadores que se recusam a se curvar à multidão", disse Shapiro, cofundador do site.

"Estamos ansiosos para levar o talento de Gina aos americanos que a amam e também para mostrar a Hollywood que, se eles quiserem continuar cancelando aqueles que pensam de maneira diferente, eles apenas nos ajudarão a construir o Xwing para derrubar sua Estrela da Morte", adicionou, citando duas naves conhecidas da saga Star Wars.

A atriz é crítica à polarização política que assola o país desde a eleição do ex-presidente norte-americano Donald Trump. Há meses a agora ex-estrela de The Mandalorian vinha reclamando da retaliação sofrida pelos apoiadores do republicano após a invasão do Capitólio, no início de 2021.


Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?