Atuação fidedigna

Como The Good Doctor faz Freddie Highmore parecer autista de verdade

Divulgação/ABC

Freddie Highmore abre um largo sorriso dentro de um carro e com a mão no volante em cena de The Good Doctor

O ator Freddie Highmore em cena da segunda temporada, que estreia nesta segunda (20) no Sony Channel

JOÃO DA PAZ - Publicado em 20/04/2020, às 06h04

Indicado ao Globo de Ouro pela série The Good Doctor, Freddie Highmore tem conquistas mais importantes a celebrar. Sua atuação como o médico Shaun Murphy, que tem autismo e síndrome de Savant, faz com que telespectadores se identifiquem com o personagem, achando até que o próprio astro está no espectro autista. Tanta veracidade tem um motivo.

Desde o principio, houve uma preocupação de todos em The Good Doctor na construção do protagonista com autismo, algo raro de se ver no mundo das séries. A proposta era esmiuçar a vida de uma pessoa com essa condição, cheia de nuances.

"Todos nós [de The Good Doctor] encaramos com grande responsabilidade a tarefa de fazer com que Shaun represente, com autenticidade, uma pessoa com autismo", disse Highmore ao programa Access Hollywood, durante a primeira temporada do drama. "Mas, ao mesmo tempo, estamos cientes de que Shaun não pode nem deve representar a experiência de todas as pessoas que estão no espectro [autista]."

De fato, não há um padrão comportamental de pessoas com autismo. Cada uma se desenvolve de maneira diferente, e Highmore aprendeu isso convivendo com filhos autistas de amigos próximos, além de estudar bastante o tema. Assim, ele ajudou a criar idiossincrasias de Shaun, como o modo de falar e o jeito de colocar as mãos na altura do peito, com os dedos entrelaçados.

Uma das grandes sacadas de The Good Doctor é narrar histórias positivas, motivacionais. E isso tem uma razão de ser. Na conversa com os apresentadores do Access Hollywood, Highmore explicou o estopim que o fez enxergar seu personagem por esse ponto de vista.

"Tem um documentário que eu gostei bastante e foi muito útil para mim, chamado Autism in Love", disse. "O que ele tem de especial, que é algo que tentamos fazer na série, é não focar nas experiências negativas que pessoas no espectro [autista] têm em seu cotidiano, mas sim realçar as coisas positivas e celebrar esse lado."

Freddie Highmore com Melissa Reiner em evento da série The Good Doctor (Reprodução/Twitter)

Consultoria de alto nível

Há em The Good Doctor uma espécie de fada que distribui conhecimento sobre o autismo, seja para Freddie Highmore ou para o time de roteiristas. Com mestrado em educação especial e mais de 18 anos de experiência ajudando pessoas com autismo, Melissa Reiner é quem dita as regras nos bastidores e dá orientações para Shaun Murphy ser a representação mais fidedigna possível de um autista.

Em entrevista para o site de Kerry Magro, autor autista que tem livros na lista de best-selles nos Estados Unidos, Melissa compartilhou como é o seu trabalho em The Good Doctor. "O objetivo é fazer com que Shaun não seja caricato", afirmou. "Buscamos fazer com que ele seja mostrado ao público como um individuo maravilhoso, um ser humano que enfrenta sim adversidades, mas que também coleciona triunfos."

Melissa tem uma função bem específica, que é monitorar o jeito de Shaun falar, andar e encarar a sua rotina, tanto em casa quanto no hospital. Existe um cuidado sobre como as pessoas ao redor dele devem agir, e a série encena bons e maus exemplos, tudo sob a supervisão de Melissa.

Entre tantos entraves, o que mais abala as relações de Shuan é a comunicação com outra pessoa. Lá no começo da primeira temporada, a residente Claire Browne (Antonia Thomas) demonstrou estar frustrada ao tentar criar alguma conexão com o colega. Mas daí em uma cena, ela entendeu a interação entre eles: "Você responde quando eu não faço perguntas", diz a Shaun, que devolve com um sorriso.

"Claire tem um momento de iluminação, como se a ficha caísse", contou Melissa em um artigo publicado no site da organização Autism Speaks. "Ela percebe que assim que reduz drasticamente as questões e frases assertivas, ele [Shaun] fica mais à vontade. Ao ajustar essa abordagem, ambos fazem a comunicação ser mais efetiva."

The Good Doctor volta para a programação do Sony Channel nesta segunda-feira (20), às 21h, com a estreia da segunda temporada. No Globoplay estão disponíveis as duas primeiras temporadas e a primeira metade do terceiro ano. A série está com a quarta temporada confirmada.


Saiba tudo que vai acontecer nos próximos capítulos das novelas no podcast Noveleiros

Listen to "#10: Final de Avenida Brasil e grande segredo de Novo Mundo revelado!" on Spreaker.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook