Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NOVIDADES PARA 2022

CBS cancela All Rise e 'transfere' Seal Team para o Paramount+; saiba mais

Divulgação/CBS

Montagem com Simone Simone Missick em cena de All Rise e David Boreanaz em cena de Seal Team

Simone Missick em All Rise e David Boreanaz em Seal Team; séries tiveram seus futuros definidos pela CBS

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 17/5/2021 - 14h58
Atualizado em 17/5/2021 - 14h59

A rede CBS, líder de audiência nos Estados Unidos, anunciou oficialmente o seu calendário de séries para a temporada 2021/2022. Entre as principais novidades estão o cancelamento do drama legal All Rise (2019-2021) e de The Unicorn (2019-2021). Seal Team e Clarice, que também estavam no limbo, foram renovadas, mas serão transferidas para o Paramount+.

A emissora também confirmou os retornos das novatas B-Positive e United States of Al, comédias criadas por Chuck Lorre que tiveram audiência mediana em seu ano de estreia, mas que agradaram a alguns críticos. Elas se juntam aos novos spin-offs de CSI, NCIS e FBI, que foram oficializados há algumas semanas.

Estrelada por Walter Goggins, The Unicorn nunca chegou a ser a menina dos olhos da CBS, muito por conta de sua audiência média para baixa. No entanto, ela reunia um grupo fiel de fãs que conseguiram aumentar os números nas reprises --chegando a superar produções como Swat. No entanto, por ser financiada pelo CBS Studios, o retorno não justificava o investimento.

Segundo o site Deadline, os produtores ainda sugeriram que a terceira temporada fosse gravada em outro estúdio, o que diminuiria de forma considerável o custo de produção. A CBS, no entanto, optou por não seguir com a ideia.

No caso de All Rise, o cancelamento parecia iminente. A série enfrentou problemas nos bastidores desde a primeira temporada, muito por conta do comportamento tóxico e racista de seu criador e ex-showrunner. Apesar dos bons números do ano de estreia, a segunda leva sofreu com as notícias negativas e viu sua audiência cair pela metade.

Da TV aberta para o streaming

Duas das produções que estavam na bolha aguardando por uma definição, Seal Team e Clarice foram confirmadas no catálogo do Paramount+, o streaming da ViacomCBS, para a próxima temporada. Para os fãs que se surpreenderam com a mudança, a decisão de retirá-las da programação da CBS foi estratégica.

Os acordos ainda estão sendo oficializados, mas fontes ouvidas pelo Deadline afirmam que a quinta temporada de Seal Team começará a ser exibida ainda na TV aberta antes de migrar para o Paramount+. Cerca de quatro episódios serão transmitidos na CBS, enquanto o segundo ano de Clarice será exclusivo da plataforma.

A estratégia de mudar a casa de suas atrações se deve a inúmeros fatores. No segundo semestre, a CBS vai estrear os novos spin-offs de CSI, NCIS e FBI --além das novas séries encomendadas-- movimento que promete inchar a programação da emissora. Como são franquias muito bem estabelecidas, a chance de retorno do público é considerada maior.

O drama militar estrelado por David Boreanaz tem uma legião de fãs fiel e média de audiência considerada boa pelos executivos (6,5 milhões por semana), mas o alto custo da série era um desafio a ser superado. Havia um desejo de renovar Seal Team para a quinta temporada para atingir os 100 episódios, o que a tornaria um produto mais valioso para revenda para possíveis streamings.

Além disso, séries da CBS com mesmo formato (22 episódios com um caso por semana) vão muito bem no streaming --as reprises de NCIS e Criminal Minds (2005-2020) estão sempre estre as mais vistas da Netflix. A emissora acredita que a transferência para o Paramount+ pode resultar em uma vida longa para Seal Team.

No caso de Clarice, série derivada do clássico O Silêncio dos Inocentes (1991), a transferência para o streaming é ainda mais compreensível. Com média de 6,1 milhões em audiência por semana na CBS, a atração tinha números baixíssimos considerando as reprises. No entanto, a performance no Paramount+ foi alvo de elogios dos executivos, o que a tornou um produto mais atraente para a plataforma.


Leia também

Web Stories

+
Quem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de PantanalHarmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do elenco de A Fazenda 13?