Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TREVOR DONOVAN

Ator faz história com primeiro gay de Barrados no Baile: 'Mudou minha vida'

Fotos: Divulgação/The CW

Sentado ao contrário em uma cadeira, com os braços apoiados no encosto, Trevor Donovan aparenta estar em conflito em cena de 90210

Trevor Donovan na pele de Teddy Montgomery em cena de 90210: personagem sofreu para se aceitar

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 30/8/2020 - 7h05

Fenômeno nos anos 1990, Barrados no Baile (1990-2000) deixou a desejar no quesito representatividade. Isso só foi corrigido em 90210 (2008-2013), continuação do drama teen. Ali, os produtores colocaram um protagonista negro e o primeiro personagem gay da franquia. Para o ator que fez história ao sair do armário na ficção, o papel de Teddy foi um marco pessoal. "Mudou minha vida", resume Trevor Donovan.

"Nada foi feito de maneira gratuita, só para chocar. Os produtores lidaram muito bem com essa história toda. Eu fiquei nervoso quando soube [que Teddy ia se assumir], mas foi a melhor decisão que já tomei na vida, e tive uns anos muito bons fazendo a série", diz Donovan em entrevista exclusiva ao Notícias da TV.

Ex-modelo, o ator tinha basicamente a novela Days of Our Lives no currículo quando foi aprovado para o papel de Teddy, que começou a aparecer na segunda temporada de 90210 --disponível no Globoplay com o título Barrados no Baile: Nova Geração. Inicialmente, o personagem era um tenista mulherengo, filho de um astro de Hollywood, que tentava se enturmar com os protagonistas da série.

"Quando consegui o papel, eu achei que faria só três episódios. Eles me contrataram para três, depois adicionaram mais dois ou três, depois mais cinco... Eu fiquei empolgado de continuarem me trazendo de volta e poder fazer parte disso", conta.

No terceiro ano da série, Donovan foi promovido ao elenco fixo e recebeu a notícia de que o jeito mulherengo de Teddy escondia uma insegurança sobre sua sexualidade. De galã garanhão, ele passou a um jovem gay repleto de dúvidas em 22 episódios.

"Os produtores me ligaram no hiato, entre a segunda e a terceira temporadas, e disseram que estavam pensando em tirar o personagem do armário. Eu passei uns dois dias pensando e voltei com a ideia de contar uma história sobre quão difícil é se assumir, especialmente no colegial. Eles me mostraram o que tinham planejado para esse arco, e era a mesma coisa, estávamos em sintonia", lembra o ator de 39 anos. 

Marco (Freddie Smith) e Teddy (Trevor Donovan) dançam juntos em baile de formatura de 90210

Para fazer a composição dessa nova fase de Teddy, Donovan foi atrás de conhecidos que já tinham passado pelo processo de se assumirem. "Isso me ajudou a ter uma perspectiva. E eu tentei trazer humanidade, mostrar a dificuldade, o quanto ele sofria com isso. Era difícil se assumir para amigos e familiares, mas antes disso tudo ele precisava encarar a si mesmo. Essa luta interna foi o mais importante para mim, quis focar no quão complicado é ser honesto com você mesmo", explica.

Importância da representatividade

Como a série fazia muito sucesso com os adolescentes na época, Donovan passou a ser muito procurado por outros jovens que enfrentavam a mesma situação de seu personagem. "Isso foi uma das maiores recompensas que tive com o papel. As pessoas até hoje me mandam mensagens como 'Você me ajudou a sair do armário' ou 'Você salvou a vida do meu irmão'. Isso já faz tudo valer a pena."

Trevor Donovan também fez história ao dar o primeiro beijo gay da franquia Barrados no Baile. E, depois disso, ainda teve muitas outras carícias ao longo da série. O personagem foi ao baile de formatura com o então namorado, Marco (Freddie Smith), e até se casou com Shane (Ryan Rottman) durante a quarta temporada. "Eu tenho muito orgulho de ter feito parte desses avanços", valoriza.

A evolução é notável, já que o primeiro beijo gay de um personagem adolescente na TV americana aconteceu apenas no ano 2000, em um episódio de Dawson's Creek (1998-2003). No Brasil, situação similar só foi ocorrer em 2018, com os carinhos trocados por Lica (Manoela Aliperti) e Samantha (Giovanna Grigio) em Malhação.

"É uma mudança muito rápida na sociedade. Acho interessante saber que o primeiro beijo adolescente gay no Brasil ocorreu há apenas dois anos. Bem, preparem-se, porque virão muitos mais aí!", celebra Donovan, bem-humorado.

Confira a entrevista completa com Trevor Donovan:


Leia também

Enquete

Você gostou do primeiro mês de Um Lugar ao Sol?

Web Stories

+
De Eva Todor a Henrique César: Veja atores de O Cravo e a Rosa que já morreramTeste de fidelidade? A Fazenda 13 coloca relacionamento de peões em xequeTraída, enganada e desprezada: 7 vezes em que Bárbara quebrou a cara em Um Lugar ao SolMansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmado

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas