Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

QUARTA TEMPORADA

Com apego à beleza, Casamento às Cegas Brasil ainda escorrega na principal regra

REPRODUÇÃO/NETFLIX

Ariela Carasso está sentada em sofá e parece enxugar uma lágrima discretamente

Ariela Carasso nas cabines da 4ª temporada de Casamento às Cegas Brasil, reality da Netflix

DÉBORA LIMA

debora@noticiasdatv.com

Publicado em 19/6/2024 - 10h00

A premissa de Casamento às Cegas é bastante clara: o experimento busca responder se é possível se apaixonar por uma pessoa sem vê-la. Dessa maneira, os aspectos físicos são praticamente excluídos do processo, e o foco passa a ser a conexão emocional. Porém, em sua quarta temporada no Brasil, o reality de relacionamento da Netflix mostra a dificuldade que alguns participantes têm de seguir essa simples regra.

A primeira parte da nova leva de episódios da atração apresentada por Camila Queiroz e Klebber Toledo chega ao catálogo da plataforma nesta quarta (19).

Com o subtítulo Uma Nova Chance, o formato ainda consegue se reinventar com uma mudança significativa na escalação do elenco. Dessa vez, os selecionados são pessoas divorciadas, separadas ou que viveram um noivado que não deu certo.

Esse detalhe traz uma bagagem emocional um pouco maior para os participantes, que colocam na equação os problemas nos relacionamentos anteriores e também precisam conciliar os possíveis novos amores com filhos, por exemplo.

Entretanto, o que poderia significar mais maturidade e responsabilidade afetiva acaba decepcionando ao mostrar novamente o apego de alguns participantes a certos padrões de beleza.

Mesmo que o reality tente aumentar a representatividade --inserindo pessoas gordas e PcDs anteriormente e até uma mulher com vitiligo nesta temporada--, o preconceito volta a dar as caras no confinamento.

Um dos homens faz piada com a "voz de gorda" de uma das participantes, enquanto uma das mulheres não hesita em dizer que teria problemas se seu par fosse "muito gordinho" ou morasse na zona leste de São Paulo.

Chega a ser curioso --para não dizer sem coerência-- como pessoas tão apegadas às aparências decidem se inscrever justamente em um reality show com a dinâmica de promover o amor às cegas.

Apesar de fazer o público sentir raiva e vergonha alheia, a quarta temporada do reality de relacionamento serve bastante entretenimento com formação de triângulos amorosos, rivalidade e reviravoltas.

Assista ao trailer da quarta temporada:

Elenco de Casamento às Cegas Brasil 4

A dinâmica do programa segue igual. Os participantes conversam em cabines sem poder ver quem está do outro lado até estabelecer uma conexão emocional. Após dez dias confinados separadamente, cinco casais são formados.

Só depois do pedido de casamento eles se encontram pessoalmente e passam para a lua de mel. Após a viagem para algum lugar paradisíaco, os casais vão morar juntos durante algumas semanas. É nessa fase que os principais conflitos vêm à tona. Por fim, eles sobem ao altar e decidem se seguirão juntos ou terminarão o relacionamento.

A quarta temporada traz como protagonistas oito homens e sete mulheres. Todos já viveram relacionamentos sérios anteriormente. Confira quem são os participantes da vez:

  • Alexandre Thomaz - 34 anos - Empresário
  • André Romano - 30 anos - Analista de conformidades
  • Ariela Carasso - 34 anos - Diretora de eventos
  • Evandro Pinto - 35 anos - Segurança pessoal e trader
  • Gabriel Kaled - 31 anos - Economista
  • Ingrid Santa Rita - 33 anos - Arquiteta
  • Leandro Marçal - 32 anos - Personal trainer
  • Leonardo Plácido - 34 anos - Advogado
  • Marcia Ishimoto - 34 anos - Promotora de eventos
  • Marília Pinheiro - 37 anos - Bancária
  • Muriel de Aquino Silva - 36 anos - Executiva de vendas
  • Patrick Ribeiro - 32 anos - Gestor de tráfego
  • Renata Giaffredo - 33 anos - Advogada
  • Rodrigo Knoeller - 40 anos - Gerente de marketing 
  • Vanessa Kurashiki - 33 anos - Advogada

A segunda parte de Casamento às Cegas Brasil - Uma Nova Chance será disponibilizada em 26 de junho. Já a leva final entrará no catálogo da Netflix em 3 de julho.


Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.