Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Novela das nove

Velho Chico: Afrânio veta candidatura e constrange Carlos Eduardo

Reprodução/TV Globo

Antonio Fagundes (Afrânio) diz não a pedido do genro em Velho Chico, da Globo - Reprodução/TV Globo

Antonio Fagundes (Afrânio) diz não a pedido do genro em Velho Chico, da Globo

REDAÇÃO

Publicado em 24/4/2016 - 8h53

Afrânio (Antonio Fagundes) será contra a candidatura de Carlos Eduardo (Marcelo Serrado) ao governo da Bahia em Velho Chico, novela das nove da Globo. Depois de receber MIguel (Gabriel Leone) com uma grande festa, o Saruê ficará bêbado, falará que o genro é como um filho para ele, mas não dará seu apoio ao pleito para governador. A conversa acontecerá no banheiro, com o deputado constrangido por ver o sogro nu. 

"Você tem fidelidade canina, Carlos. Isso num é ofensa, não. É o maior dos elogio", dirá o coronel. Eles falarão sobre Iolanda (Christiane Torloni), que brigará com o marido por conta de sua embriaguez. "Com ela eu me resolvo na cama, que num inventaram lugar melhor pra se amansá mulher", vai disparar o coronel.

Carlos sentirá que é o momento de falar sobre sua vontade de disputar o governo do Estado. "Quero lhe dizê uma coisa. Sei que banheiro num é lugar de home conversá", falará o deputado, sem jeito.

Afrânio vai rir e afirmar que tem muita gratidão pelo genro. "O senhor tem é muita bebida na cabeça", deixará escapar o deputado. O Saruê afirmará que não é a bebida que está falando por ele. "Se o senhor tivesse gratidão por mim, apoiaria minha candidatura a governador", dirá Carlos Eduardo.

Com a mão em seu ombro, Afrânio dirá que não pode dar seu apoio. "Não é questão de poder, é questão de querer. Porque você é meu braço direito, meu homem de confiança. É a única pessoa em quem posso confiá. Sempre foi! O resto é tudo um bando de maluco. Seu futuro é do meu lado! Sempre foi", dirá o coronel, emotivo. 

O Saruê afirmará que sem a ajuda do genro não teria ido tão longe. "Você pode num tê meu sangue, mas é o filho que eu escolhi! E nessa vida numsoubê fazê escolha melhor que essa. Isso é sincero, Carlos. Capaz que amanhã eu num lembre. Mais é bom você num esquecê que você é mais que um filho pra mim", despejará ele. 

Carlos Eduardo insistirá e ouvirá o que não quer. "Se o senhor tiver um minuto, coronel, eu queria conversar sobre aquele assunto. Minha candidatura ao governo do Estado. Os nossos aliados estão cobrando. Querem saber se vamos poder contar com seu apoio. Me eleger governador seria um passo importante na minha carreira, coronel. As chances de me eleger governador são altas. Estamos falando de ter o orçamento do Estado nas mãos! Obras, programas de incentivo, novos negócios para o senhor, coronel", alegará o deputado.

"Se eu precisasse de alguém para defender os interesses da minha família no governo do Estado, você seria governador! Se você é deputado federal, Carlos, é porque é lá que eu preciso que você esteja sentado. O resto não me interessa", responderá Afrânio, encerrando o assunto.

A cena está prevista para ir ao ar dia 3 na novela das nove.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro


Confira cinco reportagens especiais sobre Velho Chico:

Novela para conservadores: "sem sacanagem", disse o autor
Modelo perdeu virgindade com Rodrigo Santoro
Símbolo de crise na Globo, peruca de Antonio Fagundes ganhou tintura
Em ataque de fúria, Tereza deu uma surra em Luzia
Na novela, personagem de Montagner se salvou após sumir no rio

Últimas de Velho Chico

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.