Reprise do Viva

Trinta e sete anos depois, um terço dos atores de Baila Comigo já morreram

Divulgação/Globo

Os atores Lílian Lemmertz e Fernando Torres em cena da novela Baila Comigo, em 1981 - Divulgação/Globo

Os atores Lílian Lemmertz e Fernando Torres em cena da novela Baila Comigo, em 1981

REDAÇÃO - Publicado em 21/08/2018, às 06h26

No ar desde ontem (20) no canal Viva, Baila Comigo (1981) fez sucesso na Globo com atores renomados. Tanto tempo depois, dos 36 profissionais que trabalharam no elenco fixo da produção, um terço já morreu. Artistas consagrados como Lílian Lemmertz, Fernando Torres, Tereza Rachel e Raul Cortez são alguns dos que já partiram.

A atriz Lilian Lemmertz (1937-1986) foi quem deixou saudades mais cedo. Após Baila Comigo, ela fez mais seis novelas e uma série na Globo e estava em ótimo momento profissional. Morreu repentinamente aos 48 anos, por infarto fulminante.

Em Baila Comigo, ela interpretou a primeira Helena de uma novela de Manoel Carlos, uma personagem sofrida que, de origem humilde, teve filhos gêmeos mas só criou um dos bebês. O outro cresceu com o pai, Quim, um vilão poderoso e rico interpretado por Raul Cortez (1932-2006).

Um dos atores de sua geração mais consagrados, Cortez decolou na Globo após Baila Comigo. Ao todo ele fez 25 novelas, como Partido Alto (1984), Terra Nostra (1999) e Senhora do Destino (2004). Morreu em 2006, vítima de câncer no pâncreas.

Na trama, foi Quim quem sugeriu a separação dos gêmeos João Victor e Quinzinho, interpretados por Tony Ramos. Enquanto o primeiro ficou com o pai, o segundo foi criado pela mãe e pelo padrasto, Plínio (Fernando Torres).

Baila Comigo foi a única novela que o ator fez com sua mulher, Fernanda Montenegro, e sua filha, Fernanda Torres. Muito renomado por seu trabalho no teatro e no cinema, ele nos deixou em 2008, com enfisema pulmonar.

Outra atriz de Baila Comigo que também fez grande carreira no teatro foi Tereza Rachel (1919-2016). Na novela, ela interpretou Martha, mulher de Quim. Morreu em 2016, em detrimento de complicações no intestino.

Martha era do mesmo núcleo de Guilherme, secretário de Quim interpretado por Cláudio Cavalcanti (1941-2013). O ator morreu em 2013, após ser internado com insuficiência renal e sofrer falência múltipla dos órgãos. 

Outros atores consagrados fizeram parte de Baila Comigo e são parte da memória da dramaturgia: Carlos Zara (1930-2002), Lauro Corona (1957-1989), Gilberto Marinho (1927-2001), Miriam Pires (1927-2004), Fábio Pillar (1960-2010), Leina Krespi (1938-2009) e Tony Ferreira (1943-1994).

Por onde andam?
A reprise da novela também trará de volta ao ar alguns atores que o público não vê em grandes papéis há tempos. Lady Francisco, por exemplo, estava longe da teledramaturgia desde Totalmente Demais (2015). Aos 78 anos, ela fez uma participação especial no início da atual temporada de Malhação.

Quem está ainda mais afastada é Lídia Brondi. Uma das mais promissoras atrizes de década de 1980, decidiu largar a TV após participar de Meu Bem, Meu Mal (1990), em que novamente fez par com Cássio Gabus Mendes, seu marido. A atriz se formou em Psicologia e atualmente atende pacientes em um consultório em São Paulo.

Há também quem não morreu, só está na Record. É o caso do ator Paulo Figueiredo. Ele tinha 41 anos quando participou de Baila Comigo e hoje, aos 78, atua como Anás na novela Jesus. Beth Goulart, que interpretou Débora, filha de Quim e Martha em Baila Comigo, também está na novela bíblica. 

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é a mãe mais surtada de Amor de Mãe?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook