Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DEU RUIM

Salve-se Quem Puder: Alexia, Kyra e Luna enganam a polícia e perdem proteção

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Vitória Strada (Kyra), Juliana Paiva (Luna) e Deborah Secco (Alexia) com expressão tensa em cena de Salve-se Quem Puder

Kyra (Vitória Strada), Luna (Juliana Paiva) e Alexia (Deborah Secco) em cena de Salve-se Quem Puder

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 3/6/2021 - 7h26

Alexia/Josimara (Deborah Secco), Kyra/Cleyde (Vitória Strada) e Luna/Fiona (Juliana Paiva) passarão a perna na polícia e sofrerão consequências em Salve-se Quem Puder. O trio de amigas perderá a proteção após a Polícia Federal descobrir que elas burlaram as regras do serviço de proteção e se mudaram para São Paulo na novela das sete da Globo.

Assim que as autoridades descobrirem que as amigas mudaram de endereço, elas serão avisadas de que cada uma será mandada para um lugar diferente, com novas identidades.

A partir daí, as três conversarão e decidirão abandonar o programa de proteção à testemunha. Assim que a decisão for tomada, elas avisarão Nanico (Babu Santana), agente responsável pela segurança das amigas.

"Acho que entendi errado. Vocês querem, deixar o Programa de Proteção?", reagirá o policial. "Ô, meninas, por mais que seja difícil vocês ficarem longe uma da outra, é muito perigoso", opinará Zezinho (João Baldasserini).

Luna afirmará que elas sabem do risco, mas que estão firmes na decisão. "O Programa de Proteção é um programa de detenção. A gente ainda pode decidir por nós mesmas", dirá Kyra.

Acolhidas

Ao quebrarem as regras da polícia e se mudarem para São Paulo com as meninas, Zezinho e Ermelinda (Grace Gianoukas) serão demitidos do programa. As protagonistas se sentirão culpadas e irão falar com os dois, mas o rapaz as surpreenderá.

"A gente tomou uma decisão. Eu e a mãe vamos ficar com vocês mesmo sem o apoio da Federal. Vamos ser seus protetores até o fim", informará o caipira. "Jura, Zezinho? Quer dizer, eu sei que hoje eu não sou bem quista nessa casa, mas, eu agradeço o seu gesto", reagirá Alexia.

"Estamos fazendo mais pela Luna e Kyra, que já consideramos da família", avisará Ermelinda. "E eu que seja jogada na cova dos leões, ensanguentada, picadinha e mastigada", reclamará a atriz. 

As meninas agradecerão mãe e filho, emocionadas. "Obrigada, Zezinho e dona Ermê. De coração", dirá Luna.

Única novela inédita na Globo, Salve-se Quem Puder está toda gravada. A trama estreou em 27 de janeiro de 2020, mas foi interrompida em março do mesmo ano devido à pandemia da Covid-19. O folhetim voltou a ser apresentado em março deste ano com a reprise de quase tudo que foi ao ar no ano passado.

Com a exibição dos 53 capítulos inéditos para encerrar a saga, a previsão é a de que a novela termine em 16 de julho. Uma nova reprise entrará na faixa das 19h porque a emissora decidiu adiar a estreia de Quanto Mais Vida, Melhor.


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros

Ouça "#61 - Romance no caos: Novo casal surge em Gênesis!" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TVno YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer nas novelas da Globo.


Últimas de Salve-se Quem Puder


Resumos Semanais

Resumo da novela Salve-se Quem Puder: Capítulos de 14 a 17 de julho

Quarta, 14/7 (Capítulo 99)
Kyra fica dividida entre o amor que sente por Rafael e Alan. Luna explica a Mário que Helena foi vítima de Hugo e que ela ama o pai. Ermelinda pede desculpas a Alexia. Helena apoia a ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas