Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

FRIEZA

Renascer: Inocêncio choca João Pedro com confissão calculista sobre Mariana

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Em cena de Renascer, Marcos Palmeira está falando com alguém, enquanto tem algo de comer na sua mão

José Inocêncio (Marcos Palmeira) em Renascer: fazendeiro se mostrará frio e calculista

CARLA BITTENCOURT, colunista

carla@noticiasdatv.com

Publicado em 12/6/2024 - 20h00

Em Renascer, José Inocêncio (Marcos Palmeira) terá uma dura conversa com João Pedro (Juan Paiva) e confessará que casou-se com Mariana (Theresa Fonseca) para livrar o filho da tocaia armada por ela. O tabaréu ficará em choque com a frieza do pai, que contará todo o seu plano desde o dia em que conheceu a neta de Belamino (Antonio Calloni).

A confissão de Inocêncio acontecerá depois de o caçula procurá-lo para dizer que está pensando em vender a fazenda que herdou para Mariana. A cena está prevista para ir ao ar em 10 de julho, e Mariana já terá dito a João Pedro que quer comprar as terras que eram de seus avós.

O fazendeiro ficará irado e dirá que o preço é a vida dele, já que precisou escapar de duas tocaias para conseguir aquele pedaço de terra. "Aquela casa significa a minha vida! E ela me custô as duas tocaia que o avô dela armô pra cima de mim! Ou por que você acha que eu fiz questão de botá ela na partilha da herança de tua mainha?", disparará ele.

João Pedro sofrerá um baque diante dessa revelação e tentará assimilar a pancada: "Qué dizê então... Qué dizê que o sinhô...  Aquilo tudo foi de caso pensado? Desda partilha da herança de mainha... Até o teu casamento mais Mariana?".

José Inocêncio confirmará: "E você queria que fosse como?". Ele falará isso se sentindo cheio da razão, indiferente à dor que isso acabou trazendo para a vida do filho. "Se a neta de coroné Belarmino me aparece aqui, em minha fazenda, pra jogá feitiço pra cima de você e depois vîno querê se casá mais eu... Eu ia fazê o quê?", completará.

João, então, enxergará um lado frio e calculista do pai que ainda não conhecia. "Qué dizé que o sinhô se deitô mais ela de caso pensado?", perguntará, magoado. "Não digo de caso pensado, nem posso dizê que Mariana num mexeu com meus sentimento... Mas um homem que chegô até onde eu cheguei nessa vida, num pode andá desprevenido!", explicará.

João Pedro se lembrará de que o pai fez tudo isso mesmo sabendo que os dois se gostavam, mas Inocêncio chamará a sua atenção. "Você gostava dela, João Pedro, e nunca fez segredo disso. Mas e ela? Quem disse que Mariana gostava de você?", perguntará. "Gostava...", murmurará.

Cruel, Inocêncio continuará: "E se entregou pra mim?". "Mariana me gostava!", gritará. "E se casou com o teu pai?", insistirá. João Pedro ficará arrasado com  essa revelação. "Se tem uma coisa que eu aprendi é que santa, nessa história toda, só teve uma... Tua mãe! Tome tento disso que é pra pará de querê se sacrificá por quem num presta", finalizará.

João Pedro pedirá ao pai que ele dê um preço pela casa para cobrar de Mariana, mas o fazendeiro se negará. "A minha vida! Foi o preço que paguei por aquela casa. Se num caí nas tocaias que o avô dela me armô, num vai na dela que cai!", dirá ele, deixando o filho estarrecido com a sua frieza.

Leia também -> Resumo dos próximos capítulos da novela Renascer.

Renascer foi escrita e criada pelo autor Benedito Ruy Barbosa. A primeira versão foi ao ar na Globo em 1993. Bruno Luperi é neto do novelista e responsável pela adaptação da saga rural que estreou no horário nobre em janeiro. O remake ficará no ar até setembro.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Renascer e outras novelas:


Resumos Semanais

Resumo de Renascer: Capítulos da semana da novela da Globo - 12 a 27/7

Sexta, 12/7 (Capítulo 149)
Augusto e Buba comentam com João Pedro e Sandra que sentiram um clima entre Inocêncio e Aurora. Aurora e Inocêncio conversam sobre a cadeia de produção. Ela quer que ele preste consultoria para a empresa que ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.