CRÍTICA

Relegados em novela das 21h, atores dão a volta por cima em O Tempo Não Para

Reprodução/Globo

Edson Celulari (Dom Sabino) e Juliana Paiva (Marocas) em cena de O Tempo Não Para: brilho nos olhos - Reprodução/Globo

Edson Celulari (Dom Sabino) e Juliana Paiva (Marocas) em cena de O Tempo Não Para: brilho nos olhos

RAPHAEL SCIRE - Publicado em 11/08/2018, às 07h04

Subaproveitados em A Força do Querer (2017), Juliana Paiva e Edson Celulari deram a volta por cima e são os dois grandes destaques de O Tempo Não Para, nova trama das sete da Globo. Ao menos no início da novela, Marocas e Dom Sabino já divertem o público com o espanto que têm diante das modernidades, o linguajar rebuscado e as confusões em que se metem por conta dos hábitos do passado que ainda mantêm.

É notável o brilho nos olhos dos dois, e a entrega reflete que estão à vontade com seus papéis. É preciso registrar que Juliana Paiva tinha a ingrata tarefa de substituir Marina Ruy Barbosa no protagonismo das sete e o fez com maestria. Marocas representa um salto importante em sua carreira, e a atriz desponta como alguém em quem devemos prestar a atenção.

O núcleo dos congelados está, no geral, muito bem representado. Rosi Campos (Dona Agustina), apesar das poucas cenas, também mostra que tem tudo para divertir com a figura austera de sua personagem.

Já a escalação de Cleo (que um dia foi Pires) para a grande vilã da história derrapou feio. A atriz não convence como Betina, e o problema poderia ter sido resolvido facilmente: Regiane Alves (Mariacarla) tem muito mais estofo do que Cleo e evitaria que a megera caísse na caricatura da menina voluntariosa, cheia de caras e bocas como Betina foi apresentada. A sorte é que Mariacarla também flerta com a vilania e, ao longo dos capítulos, pode ganhar mais destaque.

Mais intrincada é a escalação para o posto de protagonista masculino da trama. Samuca (Nicolas Prattes) é um empresário idealista e bem-sucedido, mas causa estranheza o rosto jovem do ator como um homem importante e respeitado.

João Baldasserini (Emílio) poderia ter sido outra solução caseira, mas o impasse reside no fato de que a química de Prattes com Juliana Paiva funcionou, e o casal Samuca e Marocas não deve demorar para ser shipado nas redes sociais.

Ainda assim, Prattes vai ter que ralar muito para passar ileso a críticas, mas, diferentemente de Cleo, ele não escorrega. Suas cenas de embate com Eva Wilma (Petra) mostraram que é esforçado, pelo menos.

A registrar: a caracterização da novela poderia ter dado um jeito no rosto de garoto do ator e tornado Samuca um pouco mais crível. Por fim, ele poderia ter trabalhado melhor a voz e diminuído o chiado carioca de sua fala _Samuca é paulistaníssimo da Freguesia do Ó, mas seu sotaque o faz parecer um surfista de Ipanema.

Ainda há nesse início de história um excesso de didatismo no texto de Mario Teixeira, que entrega tudo mastigadinho para o público _reparem no tanto que a técnica da criogenia é explicada em diversas cenas.

A exemplo do que ocorreu em Liberdade, Liberdade (2016), porém, a narrativa tende a deslanchar no meio da trama, quando o público tiver comprado de vez a ideia de que um grupo de pessoas sobreviveu mais de um século congelado no mar.   

O Tempo Não Para, no geral, é uma novela boa, com uma proposta fantasiosa verossímil, bem apresentada e envolvente, embalada em direção moderna e ágil, com trilha sonora bem selecionada. Ao menos no começo, já mostrou que tem tudo para deixar o público congelado diante da tela.

Últimas de O Tempo Não Para

Resumos semanais

Resumo dos capítulos da novela O Tempo Não Para - Notícias da TV

Sábado, 26/1 (Capítulo 155)
Resumo do capítulo não será divulgado pela emissora. Segunda, 28/1 (Capítulo 156)
Resumo do capítulo não será divulgado pela emissora.


Os capítulos de O Tempo Não Para são fornecidos pelas emissoras; sujeitos a alteração ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou da escolha de Maju Coutinho para o Jornal Hoje?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook