Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NOVO EMBATE

Pedro deixa Tonico de perna bamba em Nos Tempos do Imperador: 'Mordeu a isca'

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Montagem com os personagens Dom Pedro 2º (Selton Mello) e Tonico (Alexandre Nero) em cena da novela Nos Tempos do Imperador

Dom Pedro 2º (Selton Mello) confrontará Tonico (Alexandre Nero) em Nos Tempos do Imperador

DÉBORA LIMA

debora@noticiasdatv.com

Publicado em 18/1/2022 - 5h00

Dom Pedro 2º (Selton Mello) vai colocar Tonico Rocha (Alexandre Nero) contra a parede em Nos Tempos do Imperador. Diante do monarca, o deputado ficará com as pernas bambas ao saber que Nélio (João Pedro Zappa) terá sobrevivido e ainda delatado todos seus crimes. "Mordeu a isca", comemorará o protagonista da novela das seis da Globo.

Nas cenas que irão ao ar em 20 de janeiro no folhetim de Alessandro Marson e Thereza Falcão, o vilão será chamado pelo marido de Teresa Cristina (Leticia Sabatella) em seu gabinete. O crápula será surpreendido pela presença do bacharel, que terá contato ao imperador sobre a tentativa de assassinato que sofreu do político.

"O senhor nega que teve uma briga com seu ex-assessor e o empurrou num precipício?", pressionará Pedro. "Tivemos uma briga, sim. Fui atrás de minha mulher, era meu direito. Nós brigamos, mas não empurrei ele, não. Nélio caiu sozinho", mentirá o mau-caráter.

"Mentira! Tonico é quem ia cair no precipício, eu o salvei e, mesmo assim, ele me empurrou!", rebaterá o mocinho. "Imagino como deve estar sendo difícil para o senhor, majestade. Deve estar pensando: 'Quem está mentindo? Quem fala a verdade?'. É a minha palavra contra a de Nélio", soltará o dissimulado.

O pai de Leopoldina (Bruna Griphao) fará um terror psicológico com o inimigo: "A verdade é que a justiça tarda, mas não falha! O mentiroso vai ser pego, cedo ou tarde", assegurará o imperador. Nélio ainda perguntará qual o paradeiro de Dolores (Daphne Bozaski) e Mercedes, mas o deputado dirá que a mulher fugiu com a bebê.

"Mentira! Você foi visto levando Dolores e a menina, você e o Borges [Danilo Dal Farra]! Tenho testemunha!", deixará escapar o meio-irmão de Bernardinho (Gabriel Fuentes). "Se o delegado estava lá, então... Ele presta serviços particulares ao senhor?", indagará o personagem de Selton Mello.

"Majestade, estou sendo acusado por um sujeito que se dizia meu amigo, e fugiu com minha mulher. O assunto é pessoal, ele não tinha que estar incomodando o senhor com isso. Com sua licença", desconversará Tonico, tentando se retirar do gabinete. "Ainda não. O senhor precisa responder a outras acusações do senhor Nélio que não dizem respeito a sua vida pessoal, mas ao Brasil", disparará Pedro.

Alexandre Nero como Tonico

Tonico será pressionado pelo imperador

Tonico é interrogado por Pedro

"O Brasil? O que mais tu andou inventando sobre mim, seu traidor?", se irritará o corrupto. O amante de Luísa (Mariana Ximenes) questionará qual era a relação de Tonico com William Christie (Guilherme Weber), a quem o vilão se aliou no passado para prejudicar a imagem do país.

"O embaixador da Inglaterra? Conheci vagamente. Tudo que sei sobre esse cabra foi o que saiu no jornal", mentirá o baiano. "Também foi vagamente que conheceu o senhor Horácio Aioli [Marco Marcondes]?", emendará o monarca. "Sou um homem público, conheço muitas pessoas, mas... Estou tentando lembrar. Esse, nunca ouvi falar. Horácio? Quem é?", fingirá o malvado.

"Um espião. O funcionário da embaixada que você subornou. Horácio Aioli nos passou informações falsas sobre os passos de Solano López [Roberto Birindelli]! E quando conseguimos encontrá-lo, estava morto", relembrará Pedro. "Ele morreu dormindo. Oxe! Lembro que o caso foi noticiado pelo Berro e por outros jornais da cidade", soltará o político.

O filho de Lota (Paulo Cohen) perderá a paciência e acusará: "Assassino! Você matou o Horácio e o Nino [Raffaele Caseccio]! E sumiu com Dolores e a minha filha!". "Este sujeito está fora de si. Não sei por que acredita mais em Nélio do que em mim! Logo eu, que fui à guerra junto com o senhor! Quase morri nas mãos de Solano López!", retrucará o vilão.

"Majestade, Nélio já não era bom da cabeça, pelo jeito, depois da queda, destrambelhou de vez. Se ele tem tantas acusações contra mim, por que não foi à Justiça? Porque são intrigas!", debochará Tonico. "Não fui porque você suborna a Justiça, a polícia. E agora, se eu aparecer morto, todos já sabem de quem é a culpa", se descontrolará o bacharel.

"Pois digo o mesmo! E daqui em diante só falo na presença de meu advogado. Majestade...", se despedirá o crápula, saindo do local em fúria. Nélio tentará seguir o ex-patrão para cobrar explicações sobre a amada e a filha, mas será impedido pelo monarca. "Calma. Nós vamos descobrir tudo. Tonico mordeu a isca. Temos provas de que ele pagou àquele espião, já podemos abrir uma investigação formal contra Tonico Rocha", afirmará o protagonista.

Nos Tempos do Imperador se passa cerca de 40 anos depois dos acontecimentos da novela Novo Mundo (2017). O folhetim terminará em 4 de fevereiro, dando lugar à exibição de Além da Ilusão, trama protagonizada por Larissa Manoela e Rafael Vitti.

Além dos spoilers, o Notícias da TV também diariamente publica os resumos da novela das seis da Globo.


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros

Ouça "#88 - Ressuscita! O retorno de Nélio em Nos Tempos do Imperador" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Nos Tempos do Imperador e outras novelas.


Últimas de Nos Tempos do Imperador


Resumos Semanais

Resumo da novela Nos Tempos do Imperador: Capítulos de 2 a 5/2

Quarta, 2/2 (Capítulo 153)
Tonico foge com Dominique, e Borges o observa de longe. Isabel se desculpa por ter viajado sem avisar a Teresa. Samuel e Pilar encontram Salustiano. Nélio localiza Mercedes. Tonico é perseguido durante sua fuga com Dominique ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.