Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MEMÓRIA DA TV

Ator famoso por papel de brocha viveu situação inusitada em Páginas da Vida

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

José Victor Castiel sorri e usa terno em cena da novela Páginas da Vida

José Victor Castiel em cena de Páginas da Vida (2006); ator só apareceu nos últimos capítulos

THELL DE CASTRO

Publicado em 9/1/2022 - 6h20

Famoso por interpretar o impotente Viriato em Laços de Família (2000), José Victor Castiel viveu uma situação inusitada em Páginas da Vida (2006), reprisada atualmente pelo canal Viva. O ator foi escalado para a novela de Manoel Carlos, apareceu nos créditos desde os primeiros capítulos, mas entrou na história somente na reta final.

Inicialmente, o gaúcho seria o administrador da escola de artes da trama, no entanto, acabou perdendo o papel. A função foi incorporada pelo personagem Greg (José Mayer).

Ao jornal Zero Hora de 11 de fevereiro de 2007, Castiel disse que não tinha mais esperanças de aparecer no folhetim, apesar da expectativa do público e da imprensa. "Novela é assim mesmo, muito dinâmica. Se está dando certo, não tem por que mudar. Mas o Maneco é muito generoso e criou esse personagem hilariante", enfatizou.

Ele assegurou que não estava chateado pelo acontecimento. Como era contratado da Globo na época, recebeu normalmente seu salário durante o período da trama e ficou em Porto Alegre cuidando de outros projetos.

"As pessoas fantasiam muito. Não criei nenhuma expectativa. Novela é assim mesmo, alguns personagens não entram, outros precisam ser retirados às pressas, é normal. Eu recebia os capítulos e falava por e-mail quase todos os dias com o Maneco e com o Jayme [Monjardim, diretor da novela], que é meu amigo. Não me sentia excluído", explicou.

As primeiras notícias afirmavam que o personagem vivido pelo ator apareceria somente nos três últimos capítulos. No entanto, de acordo com Castiel, sua participação foi antecipada para fevereiro daquele ano pela grande repercussão na imprensa --a novela terminou no início de março.

"Todas as revistas de TV me procuraram, fui assunto em todos os veículos nesses últimos dias. Acho que o autor sentiu. Afinal, se está todo mundo querendo me ver, tinha que me colocar logo, não dava para ficar esperando", soltou ele.

Na trama, Castiel acabou interpretando Machadão, porteiro do flat de Sandra (Danielle Winits). Homem de origem humilde, ele ganha na Mega Sena e se envolve com a vilã, que acaba usufruindo de sua fortuna.

Os fatos foram inspirados numa história real, ocorrida em 2005: o lavrador Renné Senna ganhou sozinho R$ 52 milhões na loteria e foi assassinado. Sua mulher foi presa sob suspeita de envolvimento no crime.

Artistas insatisfeitos

Ao longo de Páginas da Vida, a imprensa noticiou que diversos artistas do numeroso elenco da novela estavam insatisfeitos. Antonio Calloni pediu para sair, e seu personagem, Gustavo, morreu em um acidente de carro.

Leandra Leal reclamou do pouco destaque de sua personagem em seu blog; Ana Paula Arósio, Renata Sorrah, Buza Ferraz (1950-2010) e Louise Cardoso também ficaram chateados.

Desapontado, Manoel Carlos comentou sobre o assunto ao jornal O Globo em 28 de janeiro de 2007. "Não convido ninguém para fazer a minha novela achando que ele vai ficar infeliz. Só chamo as pessoas de quem eu gosto. Quando isso não acontece, a falha é minha. Mas surpreso também não fico, pois não conheço novela alguma que tenha feito o elenco todo feliz e achando que fez o papel que merecia", afirmou.


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.