Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SEGUE NO AR

Globo cancela Malhação? Emissora prepara trama inédita para 2022

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Isabella Santoni, a Karina de Malhação, usa uma camisa preta e olha desconfiada para alguém. Ela usa um cabelo curto.

Isabella Santoni, a Karina de Malhação Sonhos (2014), em reprise neste momento na Globo

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 26/8/2021 - 14h15

Mesmo com muitas discussões internamente, a Globo confirma que Malhação vai continuar na programação da emissora em 2022. Uma trama inédita será produzida para o ano que vem com novos roteiristas. Transformação, que seria escrita por Priscila Steinmann e Márcia Prates antes da pandemia de Covid-19, foi oficialmente cancelada.

"Uma trama inédita de Malhação estreia no próximo ano", disse a Comunicação da Globo em nota para o Notícias da TV. Atualmente, o horário exibe uma reprise de Malhação Sonhos (2014), que não tem alcançado bons índices de audiência --média de 15 pontos na Grande São Paulo.

Quem deu uma sobrevida para Malhação foi o diretor de Entretenimento da Globo, Ricardo Waddington, que já havia salvado a produção do cancelamento em 1999. Para ele, a novelinha ainda tem sua importância, além de ser uma marca muito forte para os telespectadores e também para os anunciantes.

A reportagemapurou que foi feito um estudo que mostrou que Malhação costuma dar a mesma audiência do Vale a Pena Ver de Novo. Em alguns casos, o ibope chega a ser até menor do que o da reprise vespertina, o que prejudica um melhor desempenho da novela das seis --ela precisa ir bem para alavancar todo o horário nobre da emissora.

Malhação antes era um programa que levantava a audiência, mas já há alguns anos virou um problema. Para salvá-la, até autor de fora da Globo já foi convocado, diferentes estratégias foram aplicadas e grandes estrelas da emissora foram recrutadas.

Entretanto, a Globo já vem buscando uma renovação em sua grade, objetivo que ficou mais forte com a troca dos todo-poderosos na direção da empresa. Uma prova disso foi a saída definitiva de Fausto Silva, que culminará na entrada de Luciano Huck nas tardes de domingo a partir de 5 de setembro.

Uma das ideias em discussão seria colocar um programa de entretenimento com pegada jovem ao vivo no ar no horário ocupado por Malhação. O maior defensor do fim do folhetim é Amauri Soares, diretor de programação da Globo. Por ele, a trama já teria deixado a grade da Globo.

Quem argumenta contra e ainda segura a novelinha é Ricardo Waddington. Há 22 anos, quando Malhação vivia péssima fase, o diretor salvou o programa com a criação da fase Múltipla Escolha.

Outro ponto importante questionado internamente é que Malhação não produz mais tantos talentos assim para a Globo. Nos últimos anos, os jovens atores que saíram da trama foram contratados pela concorrência --muitos vão parar em novelas da Record ou em projetos de plataformas de streaming. A Globo, porém, assegura que o programa ainda seguirá no ar no ano que vem.

Mas uma nova história será contada. A Globo optou por não produzir Malhação Transformação, que chegou a ter elenco quase todo escalado no início de 2020. Seria a estreia de Priscila Steinmann, a Sofia de Totalmente Demais (2015), como autora de novelas.


Colaborou DÉBORA LIMA


Últimas de Malhação


Resumos Semanais

Resumo da novela Malhação: Capítulo de 28 de janeiro

Sexta, 28/1 (Capítulo 263)
Lobão convoca Gael para lutar pela libertação de Karina. A escola pega fogo, e Pedro foge com a namorada. Gael e Lobão lutam no meio das chamas. Duca e Nat salvam Gael. Lobão é socorrido por ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.