Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DELÍRIOS E DEVANEIOS

Éramos Seis: Clotilde enlouquece após entregar filho para Olga; saiba por quê

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Simone Spoladore, com um chapéu e expressão de horror, caracterizada como Clotilde em cena de Éramos Seis

Simone Spoladore interpreta Clotilde no remake de Angela Chaves: trauma após gravidez

DANIEL FARAD

Publicado em 30/1/2020 - 4h58

Clotilde (Simone Spoladore) se arrependerá de entregar seu filho para Olga (Maria Eduarda de Carvalho) em Éramos Seis. Ela acabará se apaixonando pela criança e sofrerá ao vê-la no colo da irmã. Aos poucos, a filha de Maria (Denise Weinberg) enlouquecerá por conta de ciúmes em cenas que serão exibidas a partir do próximo dia 13.

A mulher de Zeca (Eduardo Sterblitch) se surpreenderá ao encontrar a parente no banheiro de uma estação de trem com um bebê em seus braços. A doceira será obrigada a fazer o próprio parto sozinha e chegará a usar uma tesoura de costura para cortar o cordão umbilical de seu herdeiro.

Muito fraca, a tia de Isabel (Giullia Buscacio) será levada às pressas até a parteira da cidade. Contra a parede, ela esconderá a todo custo que o recém-nascido é fruto da única noite em que se entregou a Almeida (Ricardo Pereira). "Um pai faz muita falta. Sei porque não tive um. Por isso mesmo, conte com seu cunhado aqui para ajudar na criação", oferecerá o caipira.

"Vai ser seu. De vocês dois. Quero que fiquem com ele. Sejam pai e mãe. Que ele tenha o nome e sobrenome na certidão. É pelo bem dele. Para que seja uma criança sem a marca de um bastardo. Eu sei que no coração de vocês cabe mais um", implorará a personagem de Simone Spoladore.

Zeca correrá até o cartório mais próximo para registrar o menino como Francisco, uma homenagem ao patriarca de Lola (Gloria Pires). "Gostou do seu nome? Que ele te traga muitas alegrias, meu filho", disparará Olga, em um impulso, deixando a cozinheira sentida.

REPRODUÇÃO/TV GLOBo

Olga (Maria Eduarda de Carvalho) e Zeca (Eduardo Sterblitch) no folhetim: prole numerosa


Perdendo o juízo

Clotilde passará a questionar sua decisão ao perceber que acabou aos poucos se afeiçoando ao bebê. Ela correrá assim que ouvir o neném chorando e entrará em desespero ao não conseguir niná-lo. "Passa ele para mim", pedirá a ruiva, que conseguirá acalmá-lo, sem notar o ciúme da familiar.

Com o juízo perturbado, a solteirona não descansará enquanto não conseguir colocar o rebento para dormir sozinho. Ela não deixará sequer que Maria se aproxime para ajudá-la a colocar o bebê em um moisés. "Quero olhar mais um pouquinho para ele. Não acha que o Francisco está ficando com traços de Almeida, mãe? Os olhos, o nariz", delirará a mocinha.

A avó de Alfredo (Nicolas Prattes) perceberá que a filha não anda bem. "Não, minha querida. Acho que o Francisco tem a carinha dele mesmo. Para de fazer fábulas. Já você não tira esse homem da cabeça", disparará a anciã.

A carola continuará perdida em seus devaneios. "Quando eu estava grávida, ao mesmo tempo que escondia a barriga, ficava imaginando o rostinho dele, como seria. Mas é muito mais lindo do que eu podia sonhar. Como será que ele vai me chamar, mãe?", perguntará ela, com lágrimas nos olhos.

Muito preocupada, Maria suplicará para que ela encare sua decisão de entregar Chiquinho para Olga com menos sofrimento. "Não há nenhum, mãe. O tempo podia até parar. Fico admirada de ter trazido essa coisa linda para o mundo. Meu filho, meu pequeno milagre", dirá Clotilde, com a cabeça nas nuvens, na novela das seis.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Éramos Seis e de outras novelas!

Últimas de Éramos Seis


Resumos Semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 24 a 27 de março

Terça, 24/3 (Capítulo 151)
Isabel comemora a presença de Lola. Inês teme a proximidade de Lola e Leon. Olga e Zeca se preparam para sua viagem de navio. Lola se sente desconfortável na casa de Isabel e Felício, e comunica ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você acha das demissões de veteranos da Globo?