Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SIMONE SPOLADORE

Com voto de silêncio, atriz desbanca novinhos e vira sensação de Éramos Seis

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Simone Spoladore sorri, com um vestido cinza e um colar fino com quatro pedras pretas, caracterizada como a Clotilde em cena de Éramos Seis

Simone Spoladore interpreta Clotilde no remake de Angela Chaves; personagem vive romance proibido

DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 27/1/2020 - 5h23

Simone Spoladore não precisou de muitas falas para roubar a cena em Éramos Seis. Quase sempre calada e no seu canto, Clotilde se tornou uma sensação nas redes sociais. O seu romance com Almeida (Ricardo Pereira) tem até torcida organizada e desbancou casais feitos por atores mais jovens, até então queridinhos da internet.

Aos 40 anos, a atriz ganhou contas inteiramente dedicadas ao par romântico com o galã interpretado por Ricardo Pereira em plataformas como o Instagram e o Twitter. "A gente construiu uma atmosfera entre a gente, sinto uma emoção muito grande quando olho nos olhos dele. Temos um tempo mais lento, delicado, em que cada movimento tem valor", pondera ela ao Notícias da TV.

Em cem capítulos, os quarentões angariaram mais adeptos do que duplas formadas de olho na repercussão da web, a exemplo dos namorados André Luiz Frambach e Rayssa Bratillieri. Os dois ainda não conseguiram emplacar o relacionamento entre Julinho e Soraia, muito menos empolgar o público no triângulo amoroso com Lili (Triz Pariz).

Com apoio popular, a artista viu o seu papel crescer ainda mais na segunda etapa do remake de Angela Chaves. A irmã de Lola (Gloria Pires), aliás, é um dos personagens que mais sofreu alterações em relação à obra original de Maria José Dupré (1898-1984), com dramas que também não existiam nas quatro adaptações anteriores para a televisão.

Entre as mudanças de rumo, Clotilde descobrirá nesta segunda (27) que está grávida do marido de Natália (Marcela Jacobina). "Estou bem curiosa, não sei como a autora vai resolver a questão da outra mulher. Quero que eles terminem juntos, claro, mas também espero que a Clotilde encontre um talento, algo que ela goste de fazer", considera a intérprete.

reprodução/tv globo

Almeida (Ricardo Pereira) e Clotilde (Simone Spoladore) no folhetim: torcida nas redes sociais


Voto de silêncio

Simone confidencia que não se incomoda em receber os roteiros e se deparar com poucos diálogos. "Adoro ficar em silêncio em cena, porque ele revela mais do que as palavras. Às vezes, a gente está até pensando em uma coisa, mas falando outra completamente diferente. Ele traz uma complexidade", explica.

Ela recupera na novela uma de suas primeiras experiências como atriz no filme Lavoura Arcaica (2001), em que não pronuncia uma só frase durante toda produção. "Para mim, é como se tivesse começado no cinema mudo. Aprendi a usar meus olhos, o corpo, a dança", relembra a curitibana.

Apesar de tantas transformações na trajetória da personagem, a artista confessa que também se inspirou no trabalho de Jussara Freire na versão produzida pelo SBT em 1994, assinada por Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho (1945-2019). "Peguei um pouquinho da Clotilde dela, que era menos delicada. Trouxe essa concretude para a segunda fase", pontua.

As duas, inclusive, acabaram se encontrando por acaso nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro. "Ela é maravilhosa, me abraçou e disse que estava coroada como Clotilde. O mais incrível é que a gente não tinha combinado nada, foi sem querer", arremata Spoladore.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Éramos Seis e de outras novelas!


Últimas de Éramos Seis


Resumos Semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 24 a 27 de março

Terça, 24/3 (Capítulo 151)
Isabel comemora a presença de Lola. Inês teme a proximidade de Lola e Leon. Olga e Zeca se preparam para sua viagem de navio. Lola se sente desconfortável na casa de Isabel e Felício, e comunica ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?