Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NO CAPÍTULO DESTA QUARTA

A Dona do Pedaço: Fabiana dá rasteira na irmã e enterra chance de Vivi fugir

Reprodução/TV Globo

A atriz Nathalia Dill contracena com o ator Lee Taylor na novela das nove da Rede Globo

Fabiana (Nathalia Dill) em cena com Camilo (Lee Taylor) em A Dona do Pedaço, novela das nove da Globo

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 17/9/2019 - 22h05

Camilo (Lee Taylor) impedirá Vivi (Paolla Oliveira) de fugir no capítulo desta quarta (18) de A Dona do Pedaço. Só que a blogueira vai planejar uma nova fuga e se verá sem saída porque Fabiana (Nathalia Dill) aceitará ser testemunha de acusação no caso da morte de Cosme (Osvaldo Mil). Com o depoimento da falsiane, a chance de Chiclete (Sergio Guizé) ser absolvido pelo assassinato não existirá mais.

O policial voltará à fábrica de bolos atrás da recalcada após flagrar Vivi tentando viajar para Europa. "Eu prendo o Chiclete como suspeito da morte do Cosme. Provarei depois. Vai deixar o Chiclete ir pra cadeia? Sabe quem ele é. O passado dele não resistiria a uma investigação", dirá Camilo a ex-noiva.

A musa da internet, então, vai planejar tirar o amado do Brasil antes de tentar sair do país de novo. Crente de que Vivi tentará uma nova fuga, Camilo se antecipará e pressionará Fabiana a virar sua aliada. 

"Você conviveu com a Vivi. Eu sei que a única maneira de forçar a Vivi a se casar comigo é ameaçar prender o Chiclete. Estou certo que você sabe mais sobre ele. Eu quero ter a Vivi. Quero que seja minha. A Vivi me pertence", dirá o personagem de Lee Taylor, sem se constranger diante da futura cunhada.

Ele questionará o que Fabiana sabe sobre a morte do Cosme. "Eu ouvi quando a Vivi contou a verdade para o pai", confessará a invejosa. "Esperava algo assim. Está disposta a testemunhar?", indagará o policial.

Nova testemunha

"Estou. Desde que prometa nunca investigar a origem de minha fortuna", exigirá a megera. Ela falará isso porque, no início da conversa, Camilo dirá que a ex-noviça também tem segredos que podem prejudicá-la se vierem à tona. 

"Eu tinha certeza que conseguiria alguma coisa com você. Lá na cidade dele consegui outras pessoas que podem testemunhar contra o Chiclete. Agora você, Fabiana, é a testemunha ideal", vai comemorar o novo vilão da história escrita por Walcyr Carrasco.

"Eu sei que conseguiu sua fortuna e esta fábrica por caminhos bem tortos. Muito bem. Eu lavo minhas mãos. Tem mais uma condição. Quero que conte pra Vivi que vai testemunhar contra o Chiclete. Este é o empurrãozinho que falta pra ela se decidir", dirá o vingativo, referindo-se ao pedido de casamento que fez à blogueira.

Em seguida, Fabiana vai procurar a irmã e afirmará que não terá como mentir em um tribunal porque "foi criada em um convento". Vivi ficará uma fera com os argumentos da falsiane, mas se renderá.

Ela concordará que não tem mais chances de escapar do casamento com Camilo sem que Chiclete seja preso e acabe condenado. 


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de A Dona do Pedaço e de outras novelas!

Últimas de A Dona do Pedaço


Resumos Semanais

Resumo da novela A Dona do Pedaço: Capítulos de 20 a 22/11

Quarta, 20/11 (Capítulo 159)
Amadeu consegue a redução de pena para Jô. Fabiana garante a Evelina e Antero que se tornará freira. Chega o dia do casamento de Evelina e Antero. Cornélia presenteia Marlene com um vestido branco e Evelina ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas