NÃO FEZ FALTA

No primeiro dia sem Gottino, Hora da Venenosa pisa em filme da Globo

Reprodução/Record

Os jornalistas Luiz Bacci e Fabíola Reipert no Balanço Geral, durante revelação de participantes de A Fazenda

Luiz Bacci e Fabíola Reipert no quadro A Hora da Venenosa desta terça (17): líder isolado

REDAÇÃO - Publicado em 17/09/2019, às 15h46

Escalado em cima da hora para substituir Reinaldo Gottino, Luiz Bacci fez boa estreia no Balanço Geral desta terça-feira (17). Segundo dados prévios do Ibope, o jornal manteve os índices de audiência das últimas semanas. Durante a exibição da Hora da Venenosa, com dobradinha Bacci e Fabíola Reipert, a Record pisou na Globo.

As fofocas de Reipert, embaladas pela revelação dos dois primeiros participantes de A Fazenda 11, registraram 9,9 pontos na Grande São Paulo. Na mesma faixa, com a exibição do filme Querido Companheiro (2012), a Globo teve 7,8; a tradicional líder ficou mais próxima do SBT, que registrou 7,0 pontos com o Bom Dia & Cia.

Na exibição completa, o primeiro Balanço Geral sem Gottino conseguiu 8,4 pontos, de acordo com números prévios, que devem ser corrigidos no consolidado da manhã de quarta-feira (18). Ficou apenas dois décimos abaixo dos 8,6 marcados nas quatro terças-feiras anteriores. O policialesco foi superado pela Globo, que registrou 9,8 pontos na faixa, mas bateu com folga o SBT, que teve 7,1.

Luiz Bacci fará jornada dupla até a Record definir o que fará com seus dois jornais policiais da tarde: também comandará o Cidade Alerta, que já é tradicionalmente apresentado por ele. O mesmo expediente já foi adotado nas férias de Gottino.

Salário e vacilo

Reinaldo Gottino optou por não renovar seu contrato com a Record por dois motivos principais: dinheiro e prestígio, conforme apurou o Notícias da TV com fontes próximas ao apresentador, que assinou contrato com a CNN Brasil. 

Gottino não se sentia prestigiado e reconhecido pela direção da Record. Sob seu comando, o Balanço Geral SP cresceu e passou a incomodar a Globo, tomando-lhe a liderança na faixa das 14h às 15h e provocando o fim do Vídeo Show. Seu telejornal chegava a dar 14 pontos, mas ele ganhava muito menos do que estrelas da Record que sofrem para cravar 4, como Xuxa Meneghel e Ana Hickmann.

Especula-se que Gottino recebia em torno de R$ 100 mil mensais na Record. Na CNN Brasil, deve embolsar o dobro, com um contrato de cinco anos de duração.

Nos últimos cinco anos, Gottino fez todos os plantões importantes do Jornalismo da Record, como o impeachment de Dilma Rousseff e a prisão de Luiz Inácio Lula da Silva. Neste ano, sob nova chefia, o Jornalismo da Record convocou André Azeredo, contratado em março, para essa função de prestígio.

Mas o que foi determinante mesmo para a sua saída foi a estratégia arrogante da Record. A menos de 15 dias do vencimento de seu contrato, a emissora ainda não o havia chamado para discutir a renovação. Pretendia deixar para a última hora, assim como fez no ano passado com Luiz Bacci, para deixá-lo em situação desfavorável.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook