Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PROGRESSISTA, ELE?

Pedro 'quebra tabu' em Nos Tempos do Imperador e é tachado de esquerdomacho

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Selton Mello caracterizado como dom Pedro 2º na novela Nos Tempos do Imperador

As atitudes e os discursos de Dom Pedro 2º (Selton Mello) têm sido questionados na novela das seis

FERNANDA LOPES

fernanda@noticiasdatv.com

Publicado em 20/8/2021 - 6h25

A representação de dom Pedro 2º (Selton Mello) em Nos Tempos do Imperador tem chamado a atenção do público por causa das opiniões e posicionamentos do monarca. O imperador da novela das seis da Globo vive fazendo discursos progressistas e "lacradores", ao mesmo tempo em que não hesita em trair sua mulher. Por suas atitudes e seu jeitinho manso, ele tem sido considerado por muitos telespectadores como o primeiro esquerdomacho do Brasil.

Esquerdomacho é uma expressão cunhada nas redes sociais e usada para descrever homens em geral cultos e intelectualizados, com orientação política voltada para a esquerda, afeitos a ideais progressistas e liberais nos costumes. Mas que, ao mesmo tempo, se mantêm conservadores em suas vidas e em seus relacionamentos pessoais e têm atitudes que não condizem com o que eles pregam.

Dom Pedro 2º tem sido retratado em Nos Tempos do Imperador como um senhor muito culto, um homem das letras, com várias cenas em seu belo gabinete recheado de livros. Ele também tem feito muitos discursos que deixam claras suas posições progressistas.

Os telespectadores notam isso como uma forma de os autores e a emissora se posicionarem também, não exatamente em relação aos desafios que o imperador enfrentava na época, mas ao cenário sociopolítico atual do Brasil. 

No primeiro capítulo, Pedro declarou que o "Brasil jamais se curvará a um ditador", em clara referência às ameaças de golpe de Estado feitas pelo presidente Jair Bolsonaro. Já no capítulo da última segunda (16), o imperador declarou que preferia "gastar dinheiro com escolas do que com armas".

As críticas ao governo têm gerado repercussão e engajamento com o público (o que certamente era a intenção dos autores), mas ao mesmo tempo há pessoas identificando esse tipo de recurso como uma ferramenta de "lacração", de buscar reforço positivo por uma opinião contundente. Isso é muito utilizado pelo perfil de redes sociais Quebrando o Tabu, que já virou alvo de piada na web.

É importante ressaltar que há uma licença poética em relação ao que é retratado na novela e ao dom Pedro 2º que existiu. Apesar de ter sido um homem que de fato prezou pela ciência, pela educação e pelo desenvolvimento do país, não se pode de forma alguma considerar que ele tenha pendido para a esquerda. Seus descendentes, aliás, hoje nutrem relações mais próximas com o atual governo federal brasileiro, flertam com a extrema direita. 

reprodução/TV globo

O affair entre a condessa e imperador

Traidor ou apaixonado?

Além da questão política, a vida pessoal de dom Pedro 2º tem sido alvo de picuinhas do público de Nos Tempos do Imperador. Ele é casado com a imperatriz Teresa Cristina (Leticia Sabatella), mas tem ideais, digamos, fluidos, em relação ao compromisso matrimonial. 

Assim que conheceu a condessa de Barral (Mariana Ximenes), Pedro se apaixonou pela preceptora de suas filhas. Passou, então, a ficar cada vez mais próximo dela, buscar sempre sua companhia, ir até a casa da nobre sem combinar, para tentar conquistar de vez a bela mulher. 

O imperador também mandou sua conversa mole do século 19. Ele deixou claro para Luísa que seu casamento com Teresa Cristina é apenas um acordo de realeza e que não existe amor entre os dois. Tudo isso, é claro, com a voz suave e mansa característica da prosódia de Selton Mello.

Hoje, essa empreitada do imperador é considerada por muitos como uma traição, uma hipocrisia, uma falta de consideração com Teresa Cristina. No entanto, quando se avalia a situação sob o viés da época em que os personagens viviam, é preciso considerar que o divórcio entre membros da realeza não seria viável ou mesmo cogitado. Ter amantes era algo comum e até aceitável para muitos homens. O "esquerdomachismo" de dom Pedro certamente não veria grande problema nisso. 

Veja esta reportagem em vídeo:

Confira também reações nas redes sociais dos telespectadores de Nos Tempos do Imperador em relação ao comportamento do protagonista:

Única novela inédita da Globo no ar, Nos Tempos do Imperador se passa cerca de 40 anos depois dos acontecimentos de Novo Mundo (2017). Além dos spoilers, o Notícias da TV também diariamente publica os resumos da novela das seis.


Você pode ouvir mais sobre Nos Tempos do Imperador e todas as novelas no ar pelo link abaixo, no 70º episódio do podcast Noveleiros, do Notícias da TV. Também disponível no Spotify, no Deezer, na Apple Podcasts e no Google Podcasts.

Ouça "#70 - Ressuscita! Cora reza e traz José Alfredo de volta em Império" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Nos Tempos do Imperador e outras novelas.


Últimas de Nos Tempos do Imperador


Resumos Semanais

Resumo da novela Nos Tempos do Imperador: Capítulos de 2 a 5/2

Quarta, 2/2 (Capítulo 153)
Tonico foge com Dominique, e Borges o observa de longe. Isabel se desculpa por ter viajado sem avisar a Teresa. Samuel e Pilar encontram Salustiano. Nélio localiza Mercedes. Tonico é perseguido durante sua fuga com Dominique ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.