Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PARA TODOS OS GOSTOS

Celeiro de cobras, Cara e Coragem chega com bonde da maldade carregado

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Ricardo Pereira, Mel Lisboa e Ícaro Silva posam para fotos caracterizados como seus personagens de Cara e Coragem

Ricardo Pereira, Mel Lisboa e Ícaro Silva serão os vilões clássicos de Cara e Coragem

CARLA BITTENCOURT, colunista

carla@noticiasdatv.com

Publicado em 29/5/2022 - 6h45

Cara e Coragem chega à TV nesta segunda (30) com ação, aventura e muitos personagens maléficos. Na galeria dos tipos criados por Claudia Souto para a novela das sete da Globo, há vilões para todos os gostos: tem aqueles clássicos ambiciosos e dispostos a tudo por poder e riqueza, tem o famoso 171, a mãe que abandona marido e filho em busca de uma vida mais fácil e o pai que não assume a herdeira, entre outros.

Um ponto em comum entre todos eles, no entanto, é a humanidade e a complexidade dos tipos criados pela autora. "A gente sempre fala que é uma novela de personagens múltiplos, tem sempre essa dualidade, sabe? Ninguém é só bom, só mau. Todo mundo tem um lado misterioso. Você pode ser legal para uma pessoa e para outra, nem tanto", define Natalia Grimberg, diretora artística da trama.

"A Claudia [Souto, autora] escreve muito bem esses personagens. A gente vai abrindo as camadas dos personagens ao longo da novela, isso é muito legal para nós atores, porque vamos desenhando a personagem e construindo junto ao público também", diz Mariana Santos, que vive uma mulher que abandona o filho pequeno e o marido para viver com um homem rico e sem escrúpulos.

Confira detalhes do "bonde dos malvados" do novo folhetim:

Leonardo Gusmão (Ícaro Silva)

Ambicioso, sonha com o controle da siderúrgica da família. Sempre invejou a posição da irmã, Clarice (Taís Araujo). Ele tem uma relação conflituosa com a mãe, Martha (Cludia Di Moura) e está envolvido de alguma forma na morte da parente. Clarice será assasinada já na primeira semana da saga.

"Por mais que ele sinta ciúme da irmã e queira ocupar o lugar dela, ele também é um súdito de Clarice. A Claudia [autora] propõe personagens com muitas camadas assim, e o Léo é um desses personagens. Eu defendo esse personagem porque acho que as ambições dele passam da tampa, passam dos limites, mas, ao mesmo tempo, as motivações dele são muito genuínas", adianta Ícaro Silva.

Regina (Mel Lisboa)

Assessora de Clarice na Siderúrgica Gusmão e amante de Leonardo, é alpinista social e manipuladora. Regina tem uma origem humilde que ela despreza. Quase não visita a mãe, Dagmar (Guida Vianna), e vê na relação com Leonardo a possibilidade de ter a vida que merece.

"A gente consegue perceber que por trás de uma personagem que você já consegue identificar como vilã, há motivações e sentimentos. Mas o objetivo dela é tão grande e tão importante para ela, que, se ela tiver que derrubar algumas cartas no meio do caminho nesse baralho, ela vai derrubar, porque o objetivo é mais importante. Os meios, nesse caso, justificam os fins, para ela. Mas não que ela não tenha sentimentos, ela tem. Ela genuinamente gosta do Leonardo e ela se importa com ele. Ela se preocupa com ele", explica Mel.

Danilo (Ricardo Pereira)

Empresário casado com Rebeca (Mariana Santos), por quem é apaixonado, Danilo está em busca da pasta com a fórmula secreta. Ele mantém negócios com Leonardo e só não coloca a ambição acima de seu amor por Rebeca e por tudo o que é importante para a amada. Ricardo Pereira esclarece como é sua nova criatura do mal:

Ele é um vilão, mas não aquele clássico que você o identifica logo, mas um agradável, prazeroso, que conquista, que quase prega algo em seu jeito de falar. Tem um quê do que os padres usam naquele discurso muito convincente e seguro de abraçar, conquistar e trazer conforto. De fato, ele vive de verdade na relação com a mulher dele, a Rebeca. Ele se encantou e se apaixonou, quase como se quisesse fazer funcionar uma família que talvez não tenha tido no passado.

"Se a gente construir a história desse cara, em algum momento ele se machucou na sua vida familiar. Ele tem dualidade, riqueza e profundidade", completa o ator português.

joão miguel júnior/tv globo

Mariana Santos

Mariana Santos como Rebeca na novela

Rebeca (Mariana Santos)

Ex-mulher de Moa (Marcelo Serrado), atual de Danilo e mãe de Chiquinho (Guilherme Tavares), ela gosta de viver no luxo proporcionado pelo marido. Depois de abandonar o filho quando bebê, retorna ao Brasil disposta a lutar contra Moa pela guarda da criança.

Rebeca tem uma relação conturbada com o ex-marido que não a perdoa por ter sido deixado com o filho pequeno. O agravante nessa mágoa é ter sido trocado pelo melhor amigo.

"Tenho um filho com ele e vou embora para a Europa. Chego depois de anos querendo ser mãe, porque não conseguiu na época por questões dela. A personagem é muito humana. Ela ama o marido, apesar de não saber nada do que ele faz, com o que trabalha e no que ele se mete", defende Mariana.

Joca (Leopoldo Pacheco)

Pai de Pat (Paolla Oliveira) e marido de Nadir (Stella Maria Rodrigues), João Carlos, o Joca, é instrutor de tênis e mulherengo. Esconde de todos a sua outra família: Olívia (Paula Braun) e a filha Lou (Vitória Bohn). A jovem, aliás, sofre muito com a ausência do pai, que não a assume.

"O pai não foi muito presente. Ele toma as decisões junto com ela, mas não assumiu a filha. Ela vê a filha sofrer por conta disso, vê um pai que esconde a paternidade, então, ela tem esses dois lados com ele. Por um lado, ela não resiste ao Joca, e por outro tem todas as ressalvas do mundo com ele por conta da filha, que é o amor dela", conta Paula Braun.

Renan (Bruno Fagundes)

Coreógrafo, vaidoso, perfeccionista, é namorado de Lou (Vitória Bohn), de quem exige muito na dança e nos ensaios. Explosivo, Renan mantém um relacionamento abusivo com a bailarina e costuma protagonizar cenas constrangedoras por causa do ciúme doentio.

"Ele tem uma bússola moral meio torta e é muito determinado. Faz qualquer coisa para conseguir o que quer, por isso, é muito difícil defendê-lo. Tenho que achar motivações internas pra isso. Um desafio!", afirma Bruno Fagundes.

Ísis (Mika Makino)

Bailarina da companhia de dança vertical. Ela sente inveja de Lou (Vitória Bohn) e quer ser solista na companhia de dança, posto ocupado pela "rival". Ísis é apaixonada por Renan e torce para o fim do namoro entre o coreógrafo e Lou. Para alcançar o seu objetivo, a bailarina vai infernizar a vida da mocinha.

Duarte/Bob Wright (Kiko Mascarenhas)

Faz-tudo da companhia de dança vertical, Duarte finge ser o rico norte-americano Bob Wright para desfrutar das festas e das altas rodas cariocas. Para não ter sua identidade revelada, ele aceita virar "laranja" de Danilo (Ricardo Pereira), que vai desconfiar do golpista assim que o conhecer.

"O Danilo tenta controlar a vida do Duarte. A vida do Bob Wright é criada pelo Danilo, que dá um novo nome e uma nova identidade para esse cara, e ele acaba virando um soldado do meu personagem", fala Ricardo Pereira.


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros

Ouça "#101 - Grande segredo de Quanto Mais Vida, Melhor é revelado!" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Cara e Coragem e outras novelas:


Últimas de Cara e Coragem


Resumos Semanais

Cara e Coragem: Resumo dos próximos capítulos da novela da Globo - 27/6 a 9/7

Segunda, 27/6 (Capítulo 25)
Samuel fala para Ângelo que viu Clarice na rua, e o pescador vai ao encontro do irmão. Pat vai pra casa triste e é consolada por Nadir após ser dispensada como dublê por Andrea. Leonardo pede ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.