Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NA NETFLIX

Café com Aroma de Mulher: Mesmo sem dublagem, remake empolga brasileiros

REPRODUÇÃO/NETFLIX

Imagem de Laura Londoño e William Levy como Gaivota e Sebastián em Café com Aroma de Mulher

Gaivota (Laura Londoño) e Sebastián (William Levy) em cena de Café com Aroma de Mulher, disponível na Netflix

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 11/1/2022 - 6h30

Vinte anos após a exibição original no SBT, Café com Aroma de Mulher voltou a empolgar os brasileiros. Mesmo sem dublagem, o remake da história de amor entre Gaivota e Sebastián, agora interpretados por Laura Londoño e William Levy, entrou na lista dos conteúdos mais vistos da Netflix no Brasil e em países da América Latina e Europa.

Na segunda-feira (10), a novela liderou o Top 10 nacional da gigante do streaming. Segundo os dados divulgados pela Netflix em 4 de dezembro, a trama ocupou o quinto lugar na lista global dos programas de televisão não produzidos em inglês, com mais de 23 milhões de horas de consumo ao redor do mundo na semana entre 27 de dezembro de 2021 e 2 de janeiro de 2022.

Neste período, Café com Aroma de Mulher entrou na lista dos conteúdos mais consumidos da plataforma em 19 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Republica Dominicana, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela e Espanha --caminho oposto da exibição original da trama na Colômbia e nos Estados Unidos, quando a produção não empolgou os telespectadores.

No Brasil, o sucesso da produção surpreende ainda mais, devido à falta da dublagem do folhetim. Mesmo com as críticas dos espectadores nas redes sociais, eles seguem acompanhando os 88 capítulos da novela, que entrou no catálogo do streaming no final de 2021.

No remake, o público acompanha a história de Gaivota (Laura Londoño), uma coletora de café da fazenda Casablanca. Após a morte de Octavio Vallejo (Luis Eduardo Motoa), dono da fazenda, seu filho Sebastián (William Levy) volta para a propriedade rural, onde conhece Gaivota e se apaixona pela funcionária.

Além das diferenças sociais que impedem esta história de amor, o galã possui um relacionamento em crise com Lucia (Carmen Villalobos), uma mulher ambiciosa que deseja se casar com Sebastián para salvar sua família de uma crise econômica.

Além do conflito amoroso principal, os Vallejo entram em guerra devido ao controle das empresas familiares. Em testamento, Octavio determinou que 25% da fortuna fosse destinada ao seu primeiro neto. Iván (Diego Cadavid), vilão da trama, não pensa duas vezes antes de passar por cima de todos os familiares para conseguir o dinheiro.

Bastidores da novela

Segundo o jornal La Nacion, as gravações da novela começariam no interior da Colômbia em abril de 2020. No entanto, por causa da pandemia da Covid-19, as câmeras só foram ligadas em dezembro daquele ano.

Além da testagem semanal, a maioria do elenco passou a morar dentro da fazenda onde a novela era gravada --a Covid-19 não foi inserida na história.

"Todo mundo está sem máscaras [durante as gravações], confiando que a produção mantenha o controle da situação na medida do possível", disse Katherine Vélez, intérprete de Carmenza, mãe de Gaivota, ao jornal.

Laura Londoño confessou ter vivido uma "tripla jornada de trabalho" durante a produção da novela, pois levou sua filha para o confinamento. "Tem que tomar bastante café para ter muita energia e fazer todo o necessário", brincou a atriz em entrevista ao programa Al Rojo Vivo, da Telemundo.

"Recebemos como um presente [este projeto] pois, no meio de uma pandemia, de tantas incertezas, termos o privilégio de estarmos em uma fazenda de café, rodeada de montanhas, da natureza, foi incrível. Adorávamos cantar, dançar, fazer coreografias, foi bem divertido", complementou ela.


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.