Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DO AMOR AO ÓDIO

Bolsonaro de bigode, Tonico foi espelho do Brasil em Nos Tempos do Imperador

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Alexandre Nero como Tonico jogado em uma cadeira no seu gabinete na Câmara dos Deputados em cena de Nos Tempos do Imperador

Tonico (Alexandre Nero) em Nos Tempos do Imperador: castigo do vilão como purgação do público

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 2/2/2022 - 6h25

O bigode talvez tenha sido o principal disfarce para Tonico (Alexandre Nero) não dar tão na cara de que é o alter ego de Jair Bolsonaro em Nos Tempos do Imperador. Mas a trajetória do vilão da novela das seis da Globo se assemelha bastante à do presidente --eles foram da preferência à rejeição justamente por serem espelhos do próprio público.

O deputado deitou e rolou como um dos personagens mais bem aceitos da primeira fase do folhetim de Alessandro Marson e Thereza Falcão. Ele caiu nas graças dos telespectadores mesmo já proferindo impropérios racistas contra Samuel (Michel Gomes) e misóginos contra Pilar (Gabriela Medvedoski).

Um processo de identificação que, aliás, parece muito com o que assegurou parte dos votos de Bolsonaro no primeiro turno das eleições presidenciais em 2018. Tonico igualmente se beneficiou do politicamente incorreto para dar vazão a preconceitos compartilhados pelo público, mas que as pessoas tinham vergonha de assumir. Ou, ao menos, não tinham coragem.

O humor, em um primeiro momento, ajudou a suavizar as barbaridades que saíam da boca do antagonista interpretado por Alexandre Nero. A audiência, então, se viu refletida em um espelho nas atrocidades disfarçadas de sinceridade ditas pelo rival de Pedro (Selton Mello).

O apego por Tonico, porém, foi se diluindo ao longo do tempo, ainda que ele não tenha necessariamente pisado no acelerador ao longo dos 153 capítulos exibidos até aqui. O crápula é exatamente o mesmo homem que foi capaz das piores atrocidades ao ser abandonado por Pilar na primeira semana.

O ator Alexandre Nero como Tonico expulsa Daphne Bozaski, a Dolores, da sala em cena de Nos Tempos do Imperador

Dolores e Tonico na novela das seis

Espelho, espelho meu

Uma enquete do Notícias da TV apontou que apenas 3,77% dos espectadores gostariam de ver o malandro se redimir dos seus erros no último episódio. Outros 24,7% querem que ele morra de forma trágica, mas a maioria até prefere um castigo mais brando: ao todo, 69,78% o aguardam na prisão.

A mudança representa o incômodo do próprio público em ver seus preconceitos refletidos durante cinco meses a fio na figura do bigodudo. Em suma, as pessoas foram percebendo que o personagem que as divertia ao chamar Dolores (Daphne Bozaski) de "jacu" era o mesmo capaz de lhe dar uma surra de cinta.

O mau-caráter então passou a apertar o calo do brasileiro, que, por muitas vezes, nega o próprio racismo e machismo. Qualquer cidadão criado em uma sociedade construída em cima da escravidão e do patriarcado eventualmente vai se pegar diante do preconceito. A questão crucial é se vai dar asas a ele ou reprimi-lo. 

Tonico, por muitas vezes, parece o quadro mágico que possibilita ao protagonista de O Retrato de Dorian Gray (1890) permanecer belo e jovem durante décadas. Os excessos caem sobre as costas do indivíduo preso na pintura, que envelhece e se desfaz no lugar do homem de carne e osso.

Dorian, no romance de Oscar Wilde (1854-1900), não aguenta encarar a imagem e destrói o quadro, pondo um fim ao feitiço e à vida. Tonico provoca a mesma ojeriza no público que, ao odiar se ver refletido na televisão, também quer ir à forra --para, no castigo do vilão, purgar os próprios defeitos.

Nos Tempos do Imperador se passa cerca de 40 anos depois dos acontecimentos de Novo Mundo (2017). A novela terminará em 5 de fevereiro, com a reprise do último capítulo, dando lugar à exibição da inédita Além da Ilusão.

Além dos spoilers, o Notícias da TV também diariamente publica os resumos da novela das seis da Globo.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Nos Tempos do Imperador e outras novelas.


Últimas de Nos Tempos do Imperador


Resumos Semanais

Resumo da novela Nos Tempos do Imperador: Capítulos de 2 a 5/2

Quarta, 2/2 (Capítulo 153)
Tonico foge com Dominique, e Borges o observa de longe. Isabel se desculpa por ter viajado sem avisar a Teresa. Samuel e Pilar encontram Salustiano. Nélio localiza Mercedes. Tonico é perseguido durante sua fuga com Dominique ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.