O OUTRO LADO DO PARAÍSO

Bianca Bin apanha tanto na novela das nove que até perde o apetite

Fotos Raquel Cunha/TV Globo

Bianca Bin interpreta drama de Clara; personagem será agredida pelo marido na trama - Fotos Raquel Cunha/TV Globo

Bianca Bin interpreta drama de Clara; personagem será agredida pelo marido na trama

MÁRCIA PEREIRA, no Rio de Janeiro - Publicado em 27/10/2017, às 05h29

Aos 27 anos, Bianca Bin passou a ter contato com um assunto que embrulha o seu estômago: a violência contra a mulher. Clara, sua personagem em O Outro Lado do Paraíso, vai apanhar e ser arrastada pelos cabelos até mesmo grávida. O tema mexeu tanto com a atriz que ela revela que perdeu o apetite após gravar os primeiros espancamentos. "É visceral, não consegui comer carne no dia seguinte."

A atriz rejeita ser chamada de protagonista. Diz que esse rótulo só traz mais cobranças e que já é autocrítica o sufiente com o seu trabalho. O que ela quer é promover um debate com as surras que encenará na nova novela.

"Estou cansada de ser chamada de feminista radical, mas isso não é ofensa para mim. Radical vem de raiz e temos mesmo de ir na raiz para curar isso. Tive histórico de violência doméstica dentro da família, mas não dentro de casa, mais distante. Para ter uma ideia, nunca tinha conseguido ver imagens reais de homem batendo em mulher. Fui ver no YouTube por causa da personagem e é uma coisa que não é simples da falar", comenta.

Na trama, sua personagem percebe que se apaixonou por um homem agressivo já na noite de núpcias. Em sequência exibida terça (24), Gael (Sergio Guizé) usou a força para transar, mordeu e deixou a mulher cheia de hematomas. No roteiro, o autor Walcyr Carrasco descreveu como um "quase estupro". 

Gael oscilará seu temperamento. Mudará de príncipe para agressor como se apertasse um botão de "ligar e desligar". A ideia é mostrar como as mulheres se "prendem" nessa teia e não conseguem sair. 

Sergio Guizé  e Bianca Bin: cenas fortes vão ao ar a partir desta terça (24) na novela das nove

Bianca diz que Clara tem um papel social muito importante. "A minha maior dificuldade está aí, não estou na minha zona de conforto. Eu estou lidando com um tema que nunca lidei antes e me distanciar também é complicado. Distanciar a Bianca feminista, a mulher empoderada, que eu estou tentando me tornar, da Clara, uma menina imatura, ingênua, frágil, romântica e sonhadora, é difícil", confidencia.

Em sua oitava novela, a atriz diz que buscou na sua experiência de vida o começo da personagem. Bianca é de Jundiaí (interior de SP) e foi morar na capital paulista com 16 anos para estudar teatro. "Era Jeca, do mato, mas tive de crescer precocemente. Isso também acontecerá com a Clara", resume.

As agressões vão ao ar nas três primeiras semanas. Haverá uma mudança de fase no 30º capítulo. Clara será trancada em um hospício pela sogra, Sophia (Marieta Severo), para que suas terras virem um garimpo de esmeraldas. A mocinha só se dará conta de que foi vítima de uma armação dez anos depois.

Versão vingativa
Ela fugirá do manicômio disposta a se vingar de todos os envolvidos na tramoia e a recuperar o filho que teve. O menino será criado por Lívia (Grazi Massafera) como se fosse filho dela. Não saberá nada da mãe verdadeira.

"Eu tenho Escorpião no meu ascendente, que é um signo que tem uma característica vingativa. Mas eu não me considero uma pessoa tão vingativa", diz a atriz.

Porém, Bianca afirma que acredita no tema central da trama, que é a lei do retorno. "Eu sou uma pessoa muito mística, espiritualizada. Eu acredito na força maior que rege todo esse universo. O que a gente planta, a gente colhe. Se não colhe aqui, colhe em outras vidas", declara. 

Desde que estreou em Malhação em 2009, Bianca emenda um trabalho no outro e diz que isso é um privilégio. Ela fez Eta Mundo Bom! no ano passado e estava escalada para interpretar Domitila em Novo Mundo neste ano. Foi remanejada para a nova novela das nove a pedido do autor, Walcyr Carrasco.

"Acho que trabalho chama trabalho. Eu me considero uma pessoa sortuda por ter esse espaço. Eu tenho tantos amigos talentosos que não têm essa oportunidade. Eles me tiraram de lá e me colocaram aqui. Estou grata. A Clara é incrível", discursa.


Confira cinco reportagens especiais sobre O Outro Lado do Paraíso:

De mimada a 'bicha pão com ovo': os sete mais odiados de O Outro Lado
Clara rejeitada e prisão de pedófilo levaram fãs da novela à loucura
De mocinha sem sexo a pacto com a morte: o fantástico mundo de Walcyr Carrasco
'A primeira tesourada é inesquecível', diz atriz que interpretou vilã da trama
Chega de achincalhar: cinco vezes em que O Outro Lado arrasou

Últimas de O Outro Lado do Paraíso

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook