Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

REMAKE ATUALIZADO

Autor de Renascer faz merchandising social inédito com bebê intersexo

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Lívia Silva simula segurar criança no peito e sorri em cena da novela Renascer, da Globo, como Teca

Teca (Lívia Silva) está em cena após o parto de Cacau; novela esclarece o que é bebê intersexo

MÁRCIA PEREIRA, colunista

marcia@noticiadastv.com

Publicado em 21/6/2024 - 6h15

Cacau, o bebê de Teca (Lívia Silva) em Renascer, emplacará um merchandising social inédito no horário nobre da Globo. O autor Bruno Luperi fará uma campanha de conscientização sobre pessoas intersexo. Vários personagens esclarecerão que a criança não é nem menina nem menino, e os líderes religiosos da novela encabeçarão cenas importantes sobre o tema.

O pastor Lívio (Breno da Matta) e Inácia (Edvana Carvalho) afirmarão que Cacau representa que é "tempo de mudança". Buba (Gabriela Medeiros) e José Augusto (Renan Monteiro) apresentarão a Abrai (Associação Brasileira Intersexo) aos familiares e também ao público.

O casal pesquisará sobre a entidade e compartilhará a descoberta em cenas que estão previstas para irem ao ar a partir da próxima terça-feira (25).

"Eu tava pesquisando... Vi histórias lindas, como da Dionne Freitas e do bebê Jacob Cristopher. E encontrei essa associação aqui, que protege e promove os direitos das pessoas intersexo no Brasil", dirá Buba, que mostrará a página da Abrai na internet ao companheiro.

"Tô pensando em entrar em contato com eles... O que você acha?", perguntará a psicóloga. "Eu acho que já deveríamos ter feito isso", responderá o médico, entusiasmado.

Cacau traz mais que homenagem

A novela das nove já começou a apresentar as características de Cacau, que nasceu com genitália ambígua. O novelista, inclusive, fez um contraponto para que o público entenda que é errado fazer piada com a condição. A cada novo capítulo, outras informações serão ditas pelos personagens. 

Mesmo idosa, Inácia terá sabedoria para explicar para José Inocêncio que Cacau tem de ser o símbolo de uma nova era que todos precisam abraçar. Depois, será a vez de Lívio conhecer o bebê de Teca e se encantar. Ele discursará em cena.

Claro que o caminho de Cacau não vai ser dos mais fáceis desta porta para fora. Mas quanto mais unidos vocês estiverem, mais segurança Cacau terá para encarar os desafios que tiver pela frente. Por isso, eu acho que, além de todos exames, vocês devem buscar orientação e suporte de uma ONG ou de uma associação pra se preparem enquanto família para lidarem com as situações à medida que elas forem se apresentando.

Na versão original, exibida há 31 anos, Buba não era uma mulher trans, era uma pessoa intersexo --chamada de hermafrodita na época. Aos poucos, o autor mostrará que Cacau é mais que uma homenagem à personagem vivida por Maria Luisa Mendonça no passado.

Em 1993, a abordagem feita foi marcante, mas não tinha o cunho didático que ganha na atual versão de Renascer --o que traz mais ineditismo ao remake.

Leia também -> Resumo dos próximos capítulos da novela Renascer.

Renascer foi escrita e criada pelo autor Benedito Ruy Barbosa. A primeira versão foi ao ar na Globo em 1993. Bruno Luperi é neto do novelista e responsável pela adaptação da saga rural que estreou no horário nobre em janeiro. O remake ficará no ar até setembro quando entrará no ar Mania de Você, trama de João Emanuel Carneiro.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Renascer e outras novelas:


Resumos Semanais

Resumo de Renascer: Capítulos da semana da novela da Globo - 13 a 27/7

Sábado, 13/7 (Capítulo 150)
Tião esconde o diabinho no seu barraco e pede a ela um punhado de terra. Damião quer ficar com Eliana, mas ela diz que só fica com ele quando ele parar de trabalhar para os Inocêncio. ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.