BRENDA SABRYNA

Atriz de Topíssima enfrentou protestos na porta da Record após cena de aborto

BLAD MENEGHEL/RECORD

A atriz Brenda Sabryna caracterizada como a Jandira, fala ao celular, em cena de Topíssima

Brenda Sabryna em cena como a Jandira de Topíssima: morte trágica foi alvo de panelaço na porta do estúdio

DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro - Publicado em 08/12/2019, às 05h32

Brenda Sabryna esperava que sua passagem por Topíssima se resumisse a uma pequena participação, mas acabou se surpreendendo com a repercussão de seu papel, a problemática Jandira. A atriz precisou até mesmo se explicar nas redes sociais para acalmar telespectadores da Record que foram protestar na frente dos Estúdios Casablanca, no Rio de Janeiro, após sua personagem morrer ao fazer um aborto na trama de Cristianne Fridman.

"As pessoas ficaram com ódio de mim, me perguntavam como tinha aceitado, foram na porta da Record bater panela. Acharam um absurdo, que tinham matado a Jandira. Eu tive que gravar Stories no Instagram para pedir que elas não fizessem isso, que era apenas uma história", conta ela ao Notícias da TV.

No folhetim que chega ao fim nesta segunda (9), a artista interpreta uma adolescente grávida que acabou cedendo à pressão do namorado Vitor (Vitor Novello) para interromper a gestação. Com medo da reação da família, ela se submeteu a um procedimento em uma clínica clandestina e acabou tendo um destino trágico.

Ela já havia se envolvido em outras cizânias por conta de seus papéis, como a Tati de Dupla Identidade (2014). Na época com 16 anos, Brenda chamou a atenção ao viver a jovem que era seduzida e abusada sexualmente pelo psicopata interpretado por Bruno Gagliasso, na Globo.

Mesmo assim, a jovem faz questão de ressaltar que a novela da Record foi além de qualquer outra produção. "Já fiz vários personagens diferentes, polêmicos, mas nunca um que tivesse cativado tanto as pessoas. Eu assistia as cenas e chorava. Sofri muito com a morte da Jandira, como se fosse a de um ente querido", confidencia a intérprete, hoje com 21 anos.

BLAD MENEGHEL/TV GLOBO

Jandira (Brenda Sabryna) morreu ao se submeter a um aborto clandestino em Topíssima


Consultório sentimental

Brenda brinca que, além de atriz e influenciadora digital, precisou se transformar em psicóloga durante o tempo que esteve em Topíssima. Ela recebeu inúmeras mensagens nas redes sociais de adolescentes que, como a Jandira, também temiam revelar a gravidez precoce para a família.

"Muitas meninas me mandaram textos e fotos, revelando que estavam na mesma situação. Elas tinham medo de conversar com os pais, então foi como receber um abraço de uma pessoa que também estava passando por isso. Umas 30, pelo menos. Aconselhei da melhor forma que achei", explica.

Por conta de toda essa repercussão, a atriz foi convidada para integrar o elenco de Amor Sem Igual, que substitui a história de Sophia (Camila Rodrigues) e Antonio (Felipe Cunha) a partir de terça-feira (10). Ela não precisou passar por testes para interpretar a maria-chuteira Rosa Flor.

"É a primeira trama em que não fui convidada por ser bonitinha, mas por conta do desempenho do meu trabalho", arremata Brenda.

Últimas de Topíssima

Resumos semanais

Resumo da novela Topíssima: Capítulo de 6 de dezembro

Sexta, 6/12 (Capítulo 144)
Inês curte a fama de herói de Edevaldo. Os estudantes organizam um casamento coletivo e convidam Dagoberto para padrinho. Paulo Roberto tenta subornar o diretor do presídio, mas é humilhado. Pedro ameaça os outros presos ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook