Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MARIANA GALLINDO

Atriz de Gênesis conquista vovós com aulas de dança online para a terceira idade

REPRODUÇÃO/RECORD

Mariana Gallindo em cena como Zade em Gênesis, da Record

Mariana Gallindo como Zade em Gênesis, da Record; atriz é professora de dança para a terceira idade

ELBA KRISS

elba@noticiasdatv.com

Publicado em 27/2/2021 - 6h50

Intérprete de Zade em Gênesis, da Record, Mariana Gallindo é professora de dança para a terceira idade e faz sucesso entre as vovós com suas aulas online. A artista de 32 anos é formada em balé clássico na The Royal Academy of Dance, de Nova York, nos Estados Unidos, e tem disponibilizado vídeos gratuitos na internet para suas alunas. "De repente, mais e mais mulheres começaram a entrar e a fazer as atividades", comemora.

Mariana tem carreira sólida em musicais, como Hair, Pippin e Chacrinha. Gênesis foi sua primeira novela -- ela atuou na segunda fase da trama como mãe de Liba (Pâmela Tomé). Fora da televisão, ela coordena o projeto SEXagenárias, em que ensina dança para mulheres com mais de 60 anos.

Por causa da pandemia do coronavírus, as aulas pagas passaram a ser feitas via videoconferência. A procura online foi tamanha que a dançarina começou a publicar vídeos de trinta minutos de duração em seus canais nas redes sociais. As gravações agradaram as senhoras antenadas da internet.

"Comecei a dar aulas para as minhas alunas através de lives no Facebook. Tive que fazer uma pausa nas lives por conta das políticas de direitos autorais do Facebook, que sempre deixava minhas aulas mudas. Então, tive que fazer uma nova readequação. Neste ano, resolvi este problema, mudei um pouco o formato da versão online e, agora, faço elas gratuitas e curtas no YouTube e no Facebook", comemora.

Os trabalhos fora da TV renderam frutos. Em fevereiro, Mariana inaugurou a Casa Henriquieta, em São Paulo, onde oferece cursos de dança, canto, coral, teatro musical e crochê. O espaço cultural, aliás, é a antiga residência Dona Henriquieta, sua avó. Graças a flexibilização da quarentena, ela abriu turmas presenciais seguindo os protocolos de segurança.

"Estamos tomando o maior cuidado possível. Tenho o intervalo de pelo menos uma hora entre uma atividade e outra para evitar aglomeração. A higienização do espaço utilizado é realizada sempre durante e após cada aula. Por enquanto, as turmas estão reduzidas, com no máximo seis pessoas por atividade e, é claro, o uso de máscara é obrigatório", conta.

"Estava reticente em iniciar as atividades neste momento. Mas tive um chamado muito grande de alguns alunos que estavam sofrendo por estar tanto tempo em casa. Isso me motivou a abrir as portas, claro com muita responsabilidade e zelo por todos", completa.

Veja as aulas de dança de Mariana Gallindo:

Choro no primeiro dia de Gênesis

Na produção da Record, Zade era uma pessoa moderna para os tempos retratados no folhetim. Sua personagem tinha parceria --e não submissão-- com o marido Elisá (Marcello Gonçalves) e cumplicidade com a filha Liba. Para a atriz, interpretar a personagem trouxe mais do que sua estreia nas novelas. Significou estímulo para sua trajetória de vida.

"Zade era uma mãe forte, batalhadora, que se interessava pela felicidade da sua filha e do seu marido, que ao mesmo tempo em que era boa, não deixava ninguém fazer mal a ela e a sua família. Uma mulher que se conhecia muito bem e, por isso, tem muita segurança em suas atitudes", analisa.

"Num mundo com tanta informação pesada, com realidades duras, com tanta violência contra mulher e tantos lares desunidos, o retrato desta mulher, com uma família estruturada baseada no amor, na confiança e no diálogo, é uma inspiração para o telespectador. Eu conversava com o Marcello e com a Pamela do quanto eu quero ter essa família para mim. Do quanto eu quero ser uma Zade sem cobranças, sem julgamentos, mas com inspiração."

Mariana Gallindo (Zade) e Pâmela Tomé (Liba) em Gênesis: mãe e filha na novela bíblica

Finalizada sua primeira novela, Mariana deseja seguir nos folhetins com outros personagens tão inspiradores quanto. "Amei a experiência e quero repetir mais vezes. O tipo de trabalho é bem diferente do teatro. Então, tive que me esforçar para aprender muitas coisas. O fato de ficar gravado me possibilitou estudar mais e assim conseguir melhorar o meu trabalho", considera.

"Outra coisa que amei foi o retorno do público. Estava com medo de não saber se meu trabalho impactaria na vida de quem me assistiu. Mas o medo foi embora na estreia da novela. É muito bom receber um contato através das redes sociais com o telespectador dando sua opinião e dizendo como a história influenciou na sua vida. Isso é extremamente gratificante", celebra.

Quem a vê falando com tamanha satisfação sobre sua estreia na televisão nem imagina que, em seu primeiro dia de gravação, ela caiu no choro justamente pela insegurança. "Chorei sozinha no carro e de desespero (risos). Eu estava muito nervosa, queria acertar e estava com medo de não gostarem de mim", admite.

"Parecia criança no primeiro dia de aula. Saí do set passando mal, entrei no carro e chorei. Aí passou. Entendi que não precisava desse desespero, que eu precisava de ajuda. Então, fui buscar", relembra. O amparo veio do elenco de Gênesis. Colegas mais experientes a muniram de dicas e conselhos, que resultaram em sua aplaudida atuação.

 Veja fotos de Mariana Gallindo em Gênesis:


Últimas de Gênesis


Resumos Semanais

Resumo da novela Gênesis: Capítulos de 26 a 30 de julho

Segunda, 26/7 (Capítulo 135)
Lúcifer defende Jacó. Ismael fica furioso ao descobrir o destino de Jacó. Esaú descobre que Basemate está grávida. Depois de sete anos de trabalho, Jacó pede a mão de Raquel a Labão.    Terça, 27/7 (Capítulo 136) ...Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Web Stories

+
Fim de casamento e cirurgia perigosa: Como estão os vencedores do Power Couple BrasilLustre de cristal e piso de mármore: Conheça o Carioca Palace, hotel de Pega PegaDe Luísa Sonza a Ana Hickmann: Veja as mansões de dez famosos brasileirosLonge dos holofotes: Veja por onde andam cinco atores de Hilda FuracãoAtaque de fã-clube e troca de professor: Cinco tretas marcantes na Dança dos Famosos

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual reality show você vai acompanhar após o fim do No Limite e Power Couple?