Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

FORÇA FEMININA

Após revolta de Patroa, Renascer liberta outra mulher da opressão; saiba quem

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Camila Morgado está em cena como Iolanda, a dona Patroa, na novela Renascer

Camila Morgado está em cena como Iolanda, a dona Patroa; ela se rebelou contra marido opressor

MÁRCIA PEREIRA, colunista

marcia@noticiadastv.com

Publicado em 18/5/2024 - 6h15

O machismo é um comportamento muito presente em Renascer. Mocinhos e vilões desrespeitam suas mulheres de diferentes maneiras. Sandra (Giullia Buscacio) é praticamente a única personagem que nunca abaixou a cabeça, apesar de sua trama ter ficado um pouco incoerente para os dias atuais. O importante é que ela não está mais sozinha nos embates pela igualdade de direitos. Além de Iolanda (Camila Morgado), a dona Patroa, outra mulher vai enfrentar seu opressor na novela das nove da Globo.

A próxima a mostrar a força feminina será a personagem de Malu Galli, Meire. Ao criar essa trama que não existia em 1993, Bruno Luperi deu à personagem o perfil de uma mulher oprimida pelo marido, capaz de aceitar passar mais de uma década sem ter notícias da filha para respeitar uma decisão dele. 

Casada com Humberto (Guilherme Fontes), Meire tem somente três sequências para demonstrar medo, angústia e sua verdadeira vontade: a de amar Buba (Gabriela Medeiros) do jeito que ela é.

Depois de pedir perdão à herdeira e afirmar que não consegue entender a transição de gênero, a mãe fará questão de presenteá-la com uma relíquia da família delas: um álbum de fotos com imagens da avó que tanto incentivou Buba a se tornar quem ela é hoje. 

Humberto dará de cara com a filha em casa e armará um show de horror, na qual vai chamar Buba de aberração algumas vezes. Diante da agressividade do marido, Meire não vai recuar e o enfrentará. "Não tem aberração nenhuma... É nossa filha!", dirá a dona de casa.

Haverá uma discussão horrorosa, e a psicóloga sairá da casa dos pais com José Augusto (Renan Monteiro), mas será interceptada pela mãe antes de entrar no carro.

Malu Galli

Malu Galli como Meire na novela das nove

"Meire vem correndo com o álbum que estava na mesa e a travessa com os bolinhos, seguida por Humberto, que para à porta, morto de vergonha quando se dá conta que os vizinhos veem tudo", escreveu o autor no roteiro da sequência. 

"É pra viagem, filha... Por Deus... Eu faço questão... Eu fiz com tanto carinho! Faça uma boa viagem. Me dê um abraço? Num sei se é pedi muito, filha... Mas eu queria lhe um abraço... Unzinho que fosse! Ô, filha... Eu te amo tanto, mas é tanto... Você num imagina a falta que você me fez... Você num faz ideia do quanto eu sofri esses ano tudo...

Buba responderá que ela não precisa sofrer. "Eu tô melhor hoje do que tava aqui...", falará. "Eu sei que tá... Meu coração sempre me disse isso! Sempre! Eu rezei muito por isso esses ano tudo... Pra que você se encontrasse... Eu rezei pra que Deus te mostrasse o caminho, já que eu num sube fazê... Você tá tão linda, filha... Mas tão linda... Eu te amo tanto...", completará Meire.

O novelista orientou que as atrizes encerrem a cena abraçadas, reconciliadas, com Humberto, desgostoso, afundando para dentro de casa envergonhado.

Renascer foi escrita e criada pelo autor Benedito Ruy Barbosa. A primeira versão foi ao ar na Globo em 1993. Bruno Luperi é neto do novelista e responsável pela adaptação da saga rural que estreou no horário nobre em janeiro. O remake ficará no ar até setembro.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Renascer e outras novelas:


Resumos Semanais

Resumo de Renascer: Capítulos da semana da novela da Globo - 20 a 29/6

Quinta, 20/6 (Capítulo 130)
Buba não gosta da reação de José Inocêncio. Damião ameaça Du ao ver o rapaz prestes a ferir Pitoco. José Inocêncio exige que Du escolha se fugirá ou permanecerá na fazenda com Teca e a criança. ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.