Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

HOMOFOBIA

Após deboche, José Leôncio ameaça jogar Tadeu na cadeia em Pantanal

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Marcos Palmeira caracterizado como José Leôncio; o ator tem a expressão fechada --as sobrancelhas estão franzidas, a boca apertada-- em cena de Pantanal

José Leôncio (Marcos Palmeira) não terá paciência com peões homofóbicos na novela das nove

SABRINA CASTRO

sabrina@noticiasdatv.com

Publicado em 1/7/2022 - 14h55

José Leôncio (Marcos Palmeira) não "passará pano" para a homofobia de Tadeu (José Loreto) em Pantanal. Muito pelo contrário: ele ameaçará jogar o peão na cadeia caso ele continue debochando de Zaquieu (Silvero Pereira). O fazendeiro não verá maldade nas "piadas" do filho desde o início, mas tomará uma atitude após o mordomo deixar a fazenda --com direito a uma carta na qual vai expor sua decepção com os moradores na novela das nove da Globo.

O empregado de Mariana (Selma Egrei) até desfará as malas nesta sexta (1º), mas não passará muito tempo nas planícies alagadas. As constantes piadas dos peões sobre seu comportamento não tornarão a estadia dele fácil. Cansado da falta de respeito, Zaquieu voltará ao Rio de Janeiro em cenas que irão ao ar na próxima semana.

Ele deixará um bilhete para a patroa, em que ressaltará as belezas naturais do bioma, mas admitirá seu profundo descontentamento com os pantaneiros. Da possessividade de Filó (Dira Paes) com a cozinha, até a grosseria de José Leôncio, ninguém será poupado. Ele não mencionará o nome de Tadeu, mas será nítido que, de todos os peões, o filho do fazendeiro terá ultrapassado mais limites.

"Eu esperava enfrentar alguma resistência, mas, confesso, que não esperava causar tamanho desconforto pelo simples fato de ser quem eu sou... Tem certas 'piadas' que eu jurei para mim mesmo que não iria mais tolerar. Pode soar repentino, mas não exagerado que eu, enquanto ser humano, exija ser tratado com o mínimo de dignidade e decência. O que não fui por todos nessa fazenda... E nem tenho esperança de ser", confessará o mordomo na carta.

Quando Mariana expor a situação na fazenda, José Leôncio achará a atitude do rapaz exagerada. Ele --que terá maltratado o carioca simplesmente por ter o apelidado de "rei do gado"-- chegará a denominar a exaustão de Zaquieu como "frescura". Ao menos, ele dará ouvidos aos argumentos de Irma (Camila Morgado).

"Minha mãe está certa. Isso o que fizeram com o Zaquieu chama-se homofobia. E não é frescura ou brincadeira --apesar de ser tratada como tal. É crime... Está na lei!", bradará a ruiva.

Silvero Pereira

Silvero Pereira como Zaquieu no remake

José Leôncio aprende rápido

O fazendeiro verá que a razão está com as hóspedes. Ele até reconhecerá as injustiças que cometeu quando Jove (Jesuita Barbosa) aterrizou ali pela primeira vez. Para aliviar a própria consciência pesada e transmitir a todos seus novos ideais, o fazendeiro decidirá tirar satisfações com a "peonada".

"O quê aconteceu pra ele í s’embora daqui desse jeito?", questionará. Tadeu ainda terá a audácia de se eximir de qualquer culpa. José Lucas (Irandhir Santos), no entanto, admitirá os problemas..

"Eu acho que foi ignorância da gente rido do jeito dele", comentará o ex-caminhoneiro. "E daquele jeito tinha como numri? Nóisrîmo do jeito esquisitinho dele. O senhor tinha que o pulinho que ele deu!", debochará o filho de Filó.

O pai não gostará nada da brincadeira. Ele, inclusive, lembrará quando Alcides (Juliano Cazarré) chamou Jove de "flozô" por ignorância. Também admitirá que zombou do caçula por "ser uma besta". "É isso mesmo... Eu uma besta! Como ocê e todo mundo que riu do jeito 'esquisitinho' do Zaquieu! Isso que ocês fizêro tem nome e num chama piada. Chama homofobia. E é crime", bradará o homem.

Tadeu voltará à defensiva e exagerará no deboche. "Ara... Então, vâmo todo mundo preso... A começá pelo senhor", dirá, aos risos. Mas Leôncio continuará firme. "Pois é isso mêmo que devia acontecê se esse país fosse sério... Comigo, c’ocês e c’o todo mundo que ri do 'jeitinho dele'! Xadrez! Pelo que pude assuntá: de um a cinco anos!", ameaçará.

Ainda assim, o todo-poderoso do Pantanal mencionará o caráter estrutural que cerca a homofobia. "A verdade é que nós nascêmo e crescêmo rîno disso... Achâno que o que um sujeito fazia entre quatro parede era prova de caráter... De valor. Mas acontece que isso num é! Isso é um choque", explicará.

José Lucas concordará com o pai, mas preferirá não causar mais intrigas. O pecuarista, porém, continuará com suas declarações incisivas. "E já que tâmojunto eu quero dizê que, de hoje em diante, nessa fazenda, quem fizê menos caso d’uma pessoa em razão do motivo que , pode juntá suas tralha de arreio e tomá seu rumo", vai deixar claro o criador de gado.

Assustado, Tadeu apelará para o benefício do sangue. "Ainda que seja um filho seu?", questionará. "A começá por eles, Tadeu... Que é pra servî de exemplo pros ôtro! E ponto-final!", enfatizará o fazendeiro.

Escrita por Benedito Ruy Barbosa, a novela Pantanal foi exibida em 1990 pela extinta Manchete (1983-1999). O remake da Globo é adaptado por Bruno Luperi, neto do autor. 


Saiba tudo que vai acontecer nos próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros

Ouça "#107 - Madeleine volta em Pantanal? Novela dá pista" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações de Pantanal e outras novelas:


Últimas de Novela Pantanal


Resumos Semanais

Novela Pantanal: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 9 a 20/8

Terça, 9/8 (Capítulo 116)
Zefa diz a José Leôncio que não quer voltar a trabalhar na fazenda de Tenório. Marcelo consola Guta, que está preocupada com o paradeiro da mãe. Trindade aconselha Alcides a esquecer o que aconteceu no Sarandi. ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.