Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Jovens modelos

Antes da fama, Ana Furtado e Renata Vasconcellos fizeram abertura de novela; veja

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A apresentadora Ana Furtado na abertura da novela Explode Coração (1995), com luz azul passando pelo rosto

A apresentadora Ana Furtado na abertura da novela Explode Coração (1995); ela interpretou uma dançarina

REDAÇÃO

Publicado em 20/6/2020 - 6h04

A partir desta segunda (22), Ana Furtado aparecerá no Globoplay de forma bem diferente da que apresenta aos sábados, no É de Casa. Antes de ser famosa na emissora, ela gravou a abertura da novela Explode Coração (1995), que estreia no catálogo da plataforma de streaming. Renata Vasconcellos também participou da abertura de uma novela há 25 anos, muito antes de se tornar âncora do Jornal Nacional.

Explode Coração retratava a cultura cigana, com um núcleo de protagonistas que viviam na Espanha. A abertura, por sua vez, mostrava vários dançarinos de flamenco. Ana Furtado aparece como a bailarina principal da sequência, apesar de não ser formada em dança. Na época, ela tinha 23 anos, era modelo e fez teste para o trabalho na "cara de pau".

"Como tinha vivido muitos anos na Espanha, eu tinha uma certa ambientação com a sevilhana, com as festas espanholas, bater los cascos, que é como a gente brinca, e tocar castanhola. Foi o tempo de eu chegar em casa, o telefone tocar e o produtor falar: 'Ana, você foi a selecionada'. Achei que era meio mentira, meio trote", contou ela em depoimento ao Gshow.

Ela ensaiou durante dois dias, e as gravações duraram mais cinco. As cenas de dança foram tão intensas que Ana terminou o trabalho sem a unha de um dos dedos do pé. Mesmo assim, ela se orgulha do que representou e diz que essa participação foi sua porta de entrada para a Globo.

"Foi uma experiência muito gratificante para mim e eu valorizo muito esse momento na minha vida, porque, com certeza, foi o espaço na televisão brasileira que me apresentou para todos vocês", afirmou.

reprodução/tv Globo

Antes do Jornal Nacional, Renata Vasconcellos aparecia na Globo em abertura de novela

No mesmo ano de 1995, Renata Vasconcellos aparecia na abertura de outra novela, História de Amor. Com 23 anos, ela fazia trabalhos como modelo para pagar a faculdade de Jornalismo.

Era Renata a mulher que aparecia na praia e atravessava a rua com balões, durante um encontro amoroso. Na época, a jornalista ainda participou de A Próxima Vítima (1995), numa figuração como modelo de um ensaio fotográfico. Ela só estreou no Jornalismo em 1996, quando ingressou na primeira equipe da GloboNews. No ano seguinte, entrou para a Globo apresentando a edição de sábado do Jornal Hoje.

Além delas, outras famosas começaram a carreira com participações em aberturas de novelas. Confira:

Maria Fernanda Cândido se transformava em elementos da natureza em A Indomada (1996)


Maria Fernanda Cândido em A Indomada (1996)

Antes de fazer sucesso em Terra Nostra (1999), Maria Fernanda Cândido correu muito na Globo. Era ela a modelo que aparecia durante a abertura de A Indomada e tinha seu corpo transformado ao passar por obstáculos. Maria Fernanda virava uma mulher de fogo, de água e terminava como pedra.

Segundo Mônica, a areia da abertura de Mulheres de Areia (1993) era, na verdade, farinha


Mônica Carvalho em Mulheres de Areia (1993)

A abertura de Mulheres de Areia marcou a estreia de Mônica Carvalho na televisão. Na sequência, ela aparecia nua, saindo da água e rodopiando em meio a uma névoa de areia. A atriz contou ao Gshow que a gravação durou três dias e a produção substituiu areia por farinha, que era mais leve e saía do corpo mais facilmente.

A atriz Isadora Ribeiro fez sucesso "vestida de luz" na abertura da novela Tieta (1989)


Isadora Ribeiro em Tieta (1989)

Isadora Ribeiro já havia sido musa do Fantástico quando foi convidada para gravar a abertura de Tieta. Nas cenas, ela ficava com os seios à mostra, se transformava em serpente e subia em um coqueiro. A atriz, no entanto, declarou ao UOL que estava "vestida de luz". O trabalho marcou a carreira de Isadora, que a partir de então ficou mais conhecida como atriz e ganhou papéis em novelas como Pedra Sobre Pedra (1992) e Mulheres de Areia (1993).

Até a atriz Taís Araujo ficou surpresa ao se rever na abertura da novela Pátria Minha (1994)


Taís Araujo em Pátria Minha (1994)

Primeira protagonista negra na Globo, Taís Araujo estreou como uma figurante sem muita relevância na abertura de Pátria Minha --ela não aparece durante mais de três segundos na tela. A atriz gravou a apresentação da novela como uma das pessoas perdidas dentro de um labirinto. Quando participou de uma homenagem no Vídeo Show, Taís ficou surpresa pelo fato de a produção ter conseguido encontrá-la em meio a tanta gente no vídeo.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você espera ver na TV em 2021?

Novelas inéditas, não aguento mais reprise
23.44%
Silvio Santos e veteranos de volta ao estúdio
15.02%
Estreia de programas diferentes
30.20%
Chega logo, BBB21!
31.35%