Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

HISTÓRIA OU FICÇÃO?

Anna Millman de Novo Mundo realmente existiu? Descubra a verdade

PAULO BELOTE/TV GLOBO

A atriz isabelle Drummond caracterizada como Anna em cena de Novo Mundo

A atriz Isabelle Drummond interpreta a protagonista Anna Millman em Novo Mundo

DANIEL FARAD

Publicado em 30/5/2020 - 6h03

Os autores Alessandro Marson e Thereza Falcão misturaram realidade e ficção para contar a saga da Independência do Brasil em Novo Mundo. Entre as figuras que realmente fizeram parte da História do Brasil, está Anna Millman (Isabelle Drummond). A jovem foi livremente inspirada na trajetória da escritora britânica Maria Graham (1785-1843).

Assim como a protagonista de Isabelle Drummond, a inglesa embarcou para o Brasil a fim de se tornar preceptora de um membro da família real. A diferença é que, na novela, a irmã de Piatã (Rodrigo Simas) dá aulas de Português para Leopoldina (Leticia Colin), enquanto a instrutora bretã se ocupou da educação da princesa Maria da Glória (1819-1853).

A menina é a primeira dos sete filhos que a verdadeira arquiduquesa da Áustria teve com o pai de dom Pedro 2º (1825-1891) --o herdeiro do trono será interpretado na maturidade por Selton Mello em Nos Tempos do Imperador.

A experiência no país foi registrada em um livro, assim como a filha de Edward Millman (Ney Latorraca) fez durante os primeiros capítulos do folhetim. As suas anotações foram publicadas como Diário de uma Viagem ao Brasil em 1924.

Ao contrário do que acontece na produção fictícia, não houve nenhum artista mambembe que arrebatou o coração de Maria durante sua estadia nos trópicos. Ela permaneceu casada até o fim de sua vida com Thomas Cochrane, o marquês do Maranhão, que serviu de base para o antagonista de Gabriel Braga Nunes.

PAULO BELOTE/TV GLOBO

Elvira (Ingrid Guimarães) na novela das seis da Globo; personagem foi inspirada em atriz real


Registros históricos

Além dos membros da dinastia dos Bragança e seus agregados, outros personagens também foram baseados em pessoas que visitaram a corte do Rio de Janeiro durante o século 19. Assim como Elvira (Ingrid Guimarães), a artista teatral Ludovina Soares da Costa (1802-1868) também se vangloriava como "grande atriz" enquanto se apresentava nos palcos brasileiros.

A trama de Diara (Sheron Menezzes) repete a de outra figura histórica bem conhecida, Chica da Silva (1732-1769). A história da mulher negra que deixou a escravidão para trás e se tornou uma dama da alta sociedade já foi vivida por Taís Araujo em telenovela Xica da Silva (1996) na extinta Manchete.

Interpretada por Luana Tanaka, Miss Liu é inspirada em uma das mais perigosas piratas que atuou nos oceanos Índico e Pacífico, a chinesa Ching Shih (1775-1844). Não há indícios, no entanto, de que ela tenha pisado no continente americano, ao contrário da amante de Fred Sem Alma (Leopoldo Pacheco).


Além de acompanhar as notícias de Novo Mundo aqui no site

Listen to "#14: Troca de casais e traições agitam as novelas" on Spreaker.


Além de acompanhar as notícias de Novo Mundo aqui no site, inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em outras novelas.

Últimas de Novo Mundo


Resumos Semanais

Resumo da novela Novo Mundo: Capítulos de 28 e 29 de agosto

Sexta, 28/8 (Capítulo 131)
Anna consegue se soltar e ataca Thomas. Piatã tem um pressentimento sobre Anna. Domitila assiste à coroação de dom Pedro. Matias se casa com Luana. A casa de Sebastião é incendiada e Libério o socorre. Piatã ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Cinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas