ESCOLHA DIFÍCIL

Amarga em Éramos Seis, Barbara Reis faz mulher crucificada por abandonar marido

RAQUEL CUNHA/TV GLOBO

A atriz Barbara Reis caracterizada como a personagem Shirley de Éramos Seis, novela das seis da Globo

A atriz Barbara Reis é a Shirley na novela das seis: a personagem causará polêmica nos próximos capítulos

MÁRCIA PEREIRA e DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro - Publicado em 23/10/2019, às 05h12

Os próximos capítulos de Éramos Seis vão colocar Barbara Reis no centro de uma polêmica. Sua personagem, a amargurada Shirley, causará um escândalo ao abandonar Afonso (Cássio Gabus Mendes). Ela deixará o homem que a acolheu ainda grávida de Inês (Gabriela Saraivah) para recuperar o tempo perdido ao lado de João Aranha (Caco Ciocler).

As cenas estão previstas para irem ao ar na segunda (28). O dono do armazém sofrerá ainda mais quando a filha adotiva for arrancada de seus braços. A menina será levada contra a vontade em uma viagem pela Europa. Tentará escrever para o comerciante, mas o pai biológico rasgará todas as suas cartas.

Mesmo ficando entre a cruz e a espada por conta das atitudes de sua personagem, a atriz faz questão de defendê-la. Em sua opinião, Shirley pode até não ser uma mocinha, mas também não chega a ser vilã. É, acima de tudo, uma sobrevivente.

"Os percalços da vida a tornaram uma mulher dura. Ela foi obrigada a amadurecer muito cedo quando se viu sozinha à espera da primeira filha. Ela é preenchida por conflitos internos. Por isso, às vezes, acaba trocando os pés pelas mãos", define Barbara ao Notícias da TV.

Ressentimento no rosto

Para imprimir toda essa amargura na tela, a artista inclusive se proibiu de esboçar qualquer sorriso enquanto faz suas cenas. "É o oposto de mim, ela não sorri nunca. A única pessoa capaz de mexer com os sentimentos dela é justamente esse amor que volta do passado", pondera.

A intérprete acredita que o ressentimento da personagem vem sobretudo de não ter vivido plenamente essa paixão. "Fica com esse fantasma. Não se conforma com o abandono e vai remoendo essa história", afirma ela, que lembra ainda que Shirley foi vítima de uma armação no passado.

A mãe de João Aranha os separou por não aceitar que o herdeiro se envolvesse com uma empregada doméstica. "Ainda há o preconceito da época, da questão racial, mas isso é muito sutil na novela, o foco é em seu psicológico", considera.

Barbara afirma que Shirley, mesmo cega pela mágoa, jamais foi ingrata. "Ela sabe que teve muita sorte de se juntar com o Afonso, foi quem a salvou de um triste fim. Ela sempre foi muito agradecida por isso, mesmo que não conseguisse demonstrar direito por estar presa nas coisas do passado", conclui.

Novela de época

Barbara recebeu o convite para se juntar ao elenco de Éramos Seis quando ainda estava gravando Jesus (2018), da Record. Ela encarou numa boa a transição profissional. “Não fico mitificando, nem colocando uma emissora ou outra em um panteão. Vou atrás sempre de trabalho, de onde tenho espaço para brilhar”, afirma.

Os dramas de Shirley, aliás, foram o principal motivo para ela retornar à líder de audiência. "A personagem é complexa, ela movimenta a primeira fase da novela. Acho que fui uma das atrizes que mais gravou neste início”, pontua Bárbara, que emendou sua quarta novela de época seguida.

Até agora, ela nunca gravou um folhetim contemporâneo. "O que tem mudado para mim é só o ano. Cada década tem a sua história e fico feliz de apresentá-las ao público", arremata a artista.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Éramos Seis e de outras novelas!

Últimas de Éramos Seis

Resumos semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 19 a 29 de fevereiro

Quarta, 19/2 (Capítulo 122)
Durvalina fica abalada ao ver Shirley no quarto de Afonso. Isabel e Felício sofrem com o impedimento de sua união. Inês e Adelaide chegam ao hospital de campanha. Shirley insinua que reatou com Afonso, e ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é a mãe mais surtada de Amor de Mãe?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook