Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Luz na passarela

Patrícia Pillar e Sophie Charlotte fazem curso de salto alto; veja dicas

Divulgação

O instrutor de passarela Namie Wihby entre as atrizes Patrícia Pillar e Sophie Charlotte - Divulgação

O instrutor de passarela Namie Wihby entre as atrizes Patrícia Pillar e Sophie Charlotte

AVA FREITAS

Publicado em 16/4/2014 - 14h10
Atualizado em 16/4/2014 - 18h10

Namie Wihby é instrutor de passarela e trabalha com moda há mais de 20 anos. Responsável por preparar tops como Raica Oliveira e Izabel Goulart, tem pela frente, atualmente, a missão de aprimorar a forma como as atrizes Patrícia Pillar e Sophie Charlotte andam de salto alto.

O treinamento tem a ver com o remake que a Globo prepara da novela O Rebu, trama originalmente escrita por Bráulio Pedroso e exibida em 1974 pela emissora. No folhetim, as duas atrizes interpretarão mulheres ricas e elegantes.

“A Patrícia me procurou primeiro, e foi uma surpresa. Pensei: ‘Como essa mulher quer ser mais elegante?’. Como ela terá muitas cenas com a Sophie, trouxe-a depois”, contou Namie.

O professor explica que, embora as duas já tivessem familiarizadas com o uso de salto alto, na novela elas terão de se equilibrar em sapatos com, no mínimo, 12 centímetros de altura, o que para elas é novidade. Além disso, terão de mostrar desenvoltura com calçados desse tipo em superfícies nada favoráveis, como gramados e escadarias.

Até o momento, as atrizes já fizeram duas aulas, na escola que Namie tem em São Paulo, e está em aberta a possibilidade de o profissional acompanhar a gravação do primeiro capítulo de O Rebu.

É nele que acontece uma festa chique, palco de um assassinato que desenrolará toda a história. A seguir, veja dicas do expert para aprender ou melhorar a forma como você anda de salto:

1) Observe seus braços

Segundo Namie, a mulher, geralmente, tem a tendência de mexer mais um dos braços, aquele em que costuma carregar a bolsa. Daí, diz o especialista, a importância de revezar o lado do corpo no qual usa o acessório. Procure manter os braços próximos ao corpo ao andar e as palmas das mãos viradas para dentro.

2) Olhe à frente

Ao andar, mantenha o olhar no horizonte. Ficar olhando para o chão denota insegurança.

3) Varie a altura do salto

Segundo Namie, quem não tem familiaridade com o acessório deve começar com calma. “Comece com um sapato com três centímetros, depois passe para um com cinco, sete e assim por diante. E nunca ande sempre com a mesma altura, variar melhora a sua capacidade de equilíbrio”, afirma Namie.

4) Escolha com cuidado o modelo

O instrutor de passarela diz que os sapatos fechados dão mais estabilidade, por isso deixe as sandálias para quando estiver mais segura.

5) Treine em casa

Com o sapato que pretende usar ou até mesmo descalça, equilibrando-se na ponta dos pés, ande na sua casa. Se tiver um espelho de corpo inteiro, caminhe na frente dele para se avaliar. “É melhor do que andar em um espaço amplo. Dentro de casa, você terá de driblar móveis, tapetes, o que dá mais desenvoltura.”

LEIA TAMBÉM:

Record põe RecNov à venda e pode encerrar produção de novelas

Ex-Emília, Isabelle Drummond aprende a ser sensual para novela

Sheherazade pensou que seria demitida; governo pressionou SBT

Em Família: Autor reescreve cenas e transforma briga em barraco

Silvio Santos quer programa ao vivo e ameaça demitir Portiolli e Eliana

Ilha de edição do Esquenta pega fogo e atração programas da Globo


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Enquete

Você gostou dos participantes escolhidos para o BBB22?

Web Stories

+
Faustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca RecordAntes da estreia, BBB22 já rendeu treta entre famosos, tentativa de redenção e maisBBB22: Após frustrar público, Globo anuncia participantes nesta sexta-feiraSunga branca, esponjão e recorde no paredão: 10 momentos para o BBB22 tentar superarSabrina Sato volta à Globo; apresentadora já foi Bailarina do Faustão e esteve no BBB

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas