Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Ruiva

Juliana Silveira fica três dias sem lavar cabelo para virar vilã bíblica

Divulgação

Juliana Silveira antes e depois da transformação para a vilã Kalési de A Terra Prometida - Divulgação

Juliana Silveira antes e depois da transformação para a vilã Kalési de A Terra Prometida

ODARA GALLO

odara@noticiasdatv.com

Publicado em 11/5/2016 - 5h00

A atriz Juliana Silveira teve que ficar três dias sem lavar a cabeça para chegar no tom ruivo ideal da vilã Kalési, sua personagem em A Terra Prometida, novela bíblica da Record prevista para estrear em junho. A atriz, que sempre apareceu nas novelas com os cabelos loiros, fez a mudança de visual em três trabalhosas etapas e terá que enfrentar o salão de beleza toda semana para fazer a manutenção da coloração.

Desde sua aparição na TV, em 1993, como assistente de palco da apresentadora Angélica, Juliana ostenta cabelos loiros. Para viver a nova personagem, ela fez a transformação inédita e contou ao Notícias da TV como foi o processo. "Minhas mudanças sempre aconteceram dentro dos tons loiros. Sempre quis experimentar outras colorações, mas era necessário ter o personagem certo nas mãos. Essa é aquela ocasião em que nós temos todos os elementos para esse tipo de transformação: uma novela de época e uma rainha pagã que ama fazer rituais de sacrifico. Pronto, conseguimos chegar nesse ruivo", diz.

A atriz explica que o ruivo de Kalési precisou de três etapas para ser alcançado. "No primeiro dia, eu fiquei quatro horas no salão. Mas no dia seguinte o cabelo não respondeu bem porque estava muito louro nas pontas. Decidimos cortar o cabelo e reforçar a tinta. Fiquei três dias sem lavar o cabelo para poder fixar a cor nos fios. Fui até o salão, lavei por lá e, no dia seguinte, fui mostrar meu cabelo para o diretor Alexandre Avancini. Ele decidiu que ainda era necessário escurecer um pouco mais. Então, optamos por um tonalizante para chegar à cor ideal", descreve.

Depois do processo, Juliana Silveira terá que ir ao salão a cada dez dias para retocar a raiz e fazer hidratação profunda que evitam manchas e ressecamento dos fios. "Minha sorte é que moro do lado do salão do [Celso] Kamura, porque já entendi que vou precisar passar toda semana por lá", fala a atriz sobre o cabeleireiro que também tem Angélica entre suas clientes mais famosas. "O cabelo ruivo dá muito mais trabalho que o loiro!", afirma Juliana.

Cabelo de inverno

O cuidado para evitar manchas e não deixar a cor opaca é a marca do cabelo ruivo, mas dá para adotar a cor sem gastar uma fortuna no salão todo mês. "A manutenção tem que ser feita semanalmente e é realmente trabalhosa. Mas é possível pegar o número da tinta com o cabeleireiro e fazer esse retoque em casa mesmo. O gasto é de aproximadamente R$ 30 e rende para duas aplicações", indica o cabeleireiro Marcos Coraza. No entanto, o retoque da raiz, que pode ser feito mensalmente, é mais indicado que seja realizado no salão.

Ainda segundo o profissional, o sol é um dos inimigos do cabelo ruivo, pois pode manchá-lo, o que torna a cor mais propícia para ser usada no inverno. "Piscina, mar, tudo isso vai tirando a cor do cabelo e deixando manchado. É um cabelo que a pessoa tem que lavar pouco, hidratar muito o fio e preferir xampus específicos para cabelos vermelhos", alerta.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro


Leia também

Enquete

Você gostou do primeiro mês de Um Lugar ao Sol?

Web Stories

+
Traída, enganada e desprezada: 7 vezes em que Bárbara quebrou a cara em Um Lugar ao SolMansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabem

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas