ISOLADO

Grupo Disney assume Fox no Brasil e Fox Sports vira canal proibido

REPRODUÇÃO/FOX SPORTS

Lívia Nepomuceno e Abel Neto, apresentadores do Fox Sports: canal esportivo foi isolado pela Disney - REPRODUÇÃO/FOX SPORTS

Lívia Nepomuceno e Abel Neto, apresentadores do Fox Sports: canal esportivo foi isolado pela Disney

GABRIEL VAQUER - Publicado em 14/05/2019, às 05h25

A Disney assumiu definitivamente a operação da Fox no Brasil. Canais como FX, Nat Geo e Fox Premium já são programados pela empresa, que acaba de anunciar ao mercado publicitário que essas marcas fazem parte de seu portfólio. Mas, como a Disney terá que vender o Fox Sports, está ignorando a existência dos dois canais esportivos, como se fossem fantasmas. Eles se tornaram proibidos dentro do próprio grupo.

Os canais que eram da Fox (Fox, FX, Nat Geo) estão promovendo a programação da ESPN Brasil, marca da Disney, enquanto os torneios transmitidos pelo Fox Sports não têm tido nenhuma divulgação.

No último dia 26, a ESPN2 promoveu uma noite de lutas de boxe, maciçamente divulgada pela Fox e pelo FX. Foi o primeiro evento após a Disney assumir de vez a operação dos canais no Brasil. Esse teste inicial foi considerado bem-sucedido pela direção, e outras transmissões serão promovidas nas próximas semanas.

Reuniões acontecem diariamente para definir o futuro dos canais pagos adquiridos pela Disney. A extinção de alguns deles não está descartada. O período de transição têm sido mais cruel com o Fox Sports, que terá de ser vendido para algum grupo de mídia por imposição do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

A Disney decidiu isolar os canais Fox Sports, bloqueando suas verbas orçamentárias. E os outros canais do grupo não podem mais falar deles, o que é prejudicial para a audiência de jogos da Libertadores, por exemplo. Por sua vez, os canais esportivos não promovem os "irmãos" de grupo.

Notícias da TV monitorou os Fox Sports durante o último fim de semana e constatou que não há mais comerciais de séries do Fox Premium, tanto em transmissões quanto nos intervalos. Nem mesmo chamadas para os jogos do Campeonato Espanhol, transmitidos pelo canal premium e produzidos pelo Fox Sports, foram veiculadas.

A Disney já apresenta as marcas do grupo Fox como suas. Na ExpoDisney, realizado em São Paulo no fim de abril para o setor varejista, um stand do Nat Geo foi montado com marcas para serem licenciadas e exploradas pelo mercado.

Compra da Fox pela Disney

Em dezembro de 2017, a Disney anunciou a aquisição de parte do grupo Fox. Em um negócio de US$ 71,3 bilhões, a empresa do Mickey Mouse comprou os direitos de todas as operações da Fox no mundo, exceto nos Estados Unidos. Por lá, a Fox continua com o controle de alguns dos seus principais canais, inclusive a própria rede Fox, uma das quatro grandes da TV aberta.

Nos Estados Unidos, a Disney comprou tudo o que os estúdios Fox produzem para televisão e cinema, inclusive o catálogo. A Disney levou sucessos como a série de animação Os Simpsons, e filmes, como os premiados X-Men e Quarteto Fantástico, que poderão se juntar ao universo cinematográfico dos super-heróis da Marvel, do qual já fazem parte nas histórias em quadrinhos.

Com a aquisição da Fox, a Disney se reforça para lançar um novo serviço de streaming, para concorrer com a Netflix.

Procurada pela reportagem, a Disney confirma que assumiu a operação dos canais Fox no Brasil. O Fox Sports não se pronunciou.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual sua novela preferida atualmente?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook