Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DINHEIRO NO BOLSO

Globo terá faturamento bilionário com dois pacotes comerciais do futebol em 2022

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Gustavo Villani, Cléber Machado, Galvão Bueno, Luís Roberto, Rogério Corrêa e Rembrandt Júnior na Globo com o mesmo uniforme: camisa azul e calça marrom

Narradores do futebol na Globo: emissora terá dois pacotes comerciais para o futebol em 2022

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 3/9/2021 - 7h00

A Globo disponibilizará ao mercado publicitário ainda neste mês os dois pacotes comerciais do futebol em 2022. Como em todo ano de Copa do Mundo, a emissora venderá patrocínios para os jogos do torneio de seleções em separado aos certames nacionais. Os valores exatos ainda não foram definidos, mas a projeção é que o faturamento somado ultrapasse R$ 2,8 bilhões.

Segundo apurou o Notícias da TV, ao todo serão seis cotas em cada um dos pacotes. Até outubro, os atuais patrocinadores do futebol nacional (Via Varejo, Vivo, Itaú, General Motors, Hypera Pharma e Cervejaria Petrópolis) precisam responder ao comercial da Globo se seguem com a parceria. Neste ano, cada um pagou R$ 311,7 milhões pelo pacote mais valioso da TV brasileira.

Já para a Copa do Catar, que acontece entre novembro e dezembro, há uma peculiaridade: parceiros comerciais da Fifa têm prioridade para manifestar interesse em comprar a cota. Além disso, pela primeira vez em um Mundial de futebol, a Globo fechará um acordo publicitário para todas as mídias (TV aberta, TV paga e internet). O padrão é adotado pela emissora desde 2020 para negociações comerciais no esporte. 

Os valores da transação ainda estão sendo fechados. No futebol nacional, a Globo fará um pequeno ajuste para cima e irá propor novas soluções comerciais para manter o interesse do mercado. Para a Copa do Catar, o plano é que cada cota não custe menos de R$ 200 milhões por marca. 

A Globo projeta faturar quase R$ 3 bilhões com seus eventos de futebol em 2022, um recorde histórico para a emissora e seu departamento comercial. O mercado se mostra ansioso para a Copa do ano que vem, que será o primeiro grande evento esportivo com a maior parte da população vacinada.

A Copa do Mundo de 2022 é a última do atual contrato da Globo com a Fifa. Fechado em 2015, o acordo causou uma celeuma no auge da pandemia de coronavírus, em junho de 2020, porque a emissora entrou com liminar na Justiça para não pagar a parcela de US$ 90 milhões daquele ano. Após uma briga, as parceiras se acertaram e resolveram o problema.

As negociações para um novo contrato entre Globo e Fifa ainda não começaram. A discussão só avançará no ano que vem. Para a Globo, ter sucesso na Copa do Mundo do Catar é importante para mostrar à entidade máxima do futebol como seu alcance é inigualável.

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi a melhor série documental brasileira do ano?

Web Stories

+
Ficção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas