Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

COMPLICAÇÕES

Segunda onda do coronavírus pode afetar lançamento de Mulher-Maravilha 1984

Divulgação/Warner Bros.

Gal Gadot corre em Washington em cena do filme Mulher-Maravilha 1984

Gal Gadot em Mulher-Maravilha 1984; coronavírus pode causar novo adiamento do filme

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 13/11/2020 - 15h16

Programado para chegar aos cinemas em 25 de dezembro deste ano, Mulher Maravilha 1984 pode sofrer novas mudanças em seu lançamento por conta da pandemia. Com a segunda onda do coronavírus surgindo nos Estados Unidos e na Europa, a Warner Bros. estuda o que fazer com uma de suas principais apostas para a temporada.

De acordo com a Bloomberg, o estúdio está cogitando adiantar a estreia do longa no HBO Max, seu serviço de streaming. Caso essa opção seja a escolhida, a sequência de Mulher-Maravilha (2017) manteria o lançamento nos cinemas em dezembro, mas apenas em salas que ainda estiverem abertas. Duas semanas depois, o filme já estaria disponível na plataforma.

Na visão dos executivos, segundo a publicação, o adiantamento do longa para o streaming tem lado positivo e negativo. A presença de Mulher-Maravilha 1984 no catálogo pode significar um aumento de assinaturas, pensando que apenas os usuários do serviço teriam acesso ao filme. Por outro ângulo, a perda de dinheiro com a ausência de bilheteria seria significativa.

Há ainda uma outra opção sendo analisada nos corredores da empresa. O site Deadline relata que alguns produtores ainda cogitam o adiamento do filme para o verão estadunidense, a tradicional época de lançamento de blockbusters. A data seria 4 de junho de 2021, exatamente o mesmo mês em que o primeiro foi lançado.

O desempenho ruim de Tenet (2020) nos cinemas é um dos motivos que fizeram os executivos da Warner refletirem sobre a franquia estrelada por Gal Gadot. Enquanto o diretor Christopher Nolan e o estúdio consideravam que o filme seria a retomada dos cinemas no mundo, a realidade foi bem diferente.

Nos EUA, Tenet fez apenas US$ 55 milhões (R$ 302 milhões) em bilheteria, chegando a apenas US$ 350 milhões (R$ 1,9 bilhão) mundialmente. Para efeito de comparação, Interestelar (2014) e Dunkirk (2017), últimos filmes do diretor, fizeram respectivamente US$ 696 milhões (R$ 3,8 bilhões) e US$ 526 milhões (R$ 2,8 bilhões) no total.

Caso o adiamento de Mulher-Maravilha 1984 para junho de 2021 seja confirmado, o longa tomaria o lugar de Invocação do Mal 3, que por sua vez chegaria aos cinemas em uma data entre setembro e outubro --época onde filmes de terror costumam ter melhor recepção.

Relembre abaixo o trailer da sequência de Mulher-Maravilha:


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?