Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DANIEL ESPINOSA

Diretor de Morbius desdenha de má repercussão do filme: 'Também critico'

Divulgação/Sony Pictures

Jared Leto em sua versão vampiro em cena de Morbius

Jared Leto em sua versão vampiro em cena de Morbius; diretor rebateu críticas ao filme

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 5/4/2022 - 20h01

Daniel Espinosa, diretor de Morbius (2022), desdenhou da má repercussão que o filme vem enfrentando de crítica e público desde que estreou nos cinemas na última quinta (31). Em entrevista ao site Insider, o cineasta sueco de 45 anos disse que também é muito crítico com o próprio trabalho.

"É uma coisa estranha fazer algo que é tão público. Olha, eu tenho muito ódio de mim mesmo, então eu também critico meu próprio trabalho. Eu estou sempre tentando me concentrar em ser melhor. Mas eu também tenho orgulho do que faço. Há partes em todos os meus filmes das quais estou realmente orgulhoso", rebateu.

Para Espinosa, o processo de confrontar a sua própria arte começou desde cedo, quando produziu e lançou Babylon Disease (2004), o seu primeiro longa-metragem. Segundo o diretor, a situação que abriu seus olhos foi um encontro com um completo estranho.

"Quando fiz meu primeiro longa, foi um pequeno filme chamado Babylon Disease. Lembro-me de um dia ir para casa no metrô e tomar alguns drinques, então estava um pouco bêbado. Alguém me cutucou no trem e disse: 'Eu tenho que te dizer o que há de errado com a segunda cena do seu filme', e eu fiquei tipo, 'Bom, tudo bem'", relembrou.

Apesar da chuva de críticas, Espinosa afirmou se orgulhar do resultado inicial nas bilheterias. Em seu primeiro fim de semana disponível nos cinemas, o longa estrelado por Jared Leto fez US$ 39 milhões (R$ 181 milhões) em bilheteria nos Estados Unidos e US$ 86 milhões (R$ 399,9 milhões) ao todo.

Assista ao trailer legendado de Morbius:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.