Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FILME DA DC

Bruna Marquezine diz que foi aprovada em teste para papel de Supergirl em The Flash

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Bruna Marquezine dá risada e segura com roteiro em mãos

Bruna Marquezine com roteiro em mãos; atriz fez teste para The Flash, filme da DC

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 16/11/2021 - 11h20

O Brasil quase teve uma representante no universo da DC. Bruna Marquezine revelou que foi aprovada no teste final para interpretar a Supergirl no filme The Flash. No entanto, a pandemia da Covid-19 atrapalhou os planos da atriz de 26 anos.

Em entrevista ao podcast Mamilos, a artista falou sobre sua experiência com os produtores da DC. Apesar de inicialmente não ter confiança em sua audição, a brasileira decidiu enviar o seu teste no último momento possível.

Depois de enviar o vídeo, a carioca descobriu quem eram suas concorrentes: ''Eu soube o nome de algumas atrizes que eu admiro profundamente. E que eu sempre considerei serem artistas muito melhores do que eu, muito mais capacitadas''.

Entre as 60 atrizes testadas, Bruna foi a única brasileira aprovada. Após a primeira seleção, ela ficou entre as cinco melhores. A ex-Globo e a norte-americana Sasha Calle foram as duas selecionadas para a audição final. Durante a entrevista, ela explicou como foi o desfecho do processo:

Eu não peguei o papel. E não estou tirando o mérito da atriz incrível que pegou. Mas um dos maiores motivos para eu não ter feito foi a Covid-19 e nossas limitações. Eu não tinha como ir para Londres. Eles tentaram de todas as formas possíveis.

Dirigido por Andy Muschietti, The Flash também conta com Michael Keaton, Ben Affleck, Temuera Morrison, Ron Livingston, Kiersey Clemons e Maribel Verdú no elenco.

O filme da DC está programado para estrear em 4 de novembro de 2022. Assista abaixo ao teaser legendado da produção:


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.