Asiática na TV

Atriz da Netflix, Lana Condor revela que estava desesperada para ser protagonista

Divulgação/Netflix

A atriz Lana Condor em cena do filme Para Todos os Garotos que Já Amei, da Netflix

A atriz Lana Condor em cena de Para Todos os Garotos que Já Amei, seu primeiro papel de destaque

FERNANDA LOPES - Publicado em 06/02/2020, às 04h38

Lana Condor nunca quis tanto conquistar um papel quanto o de Lara Jean, a protagonista da franquia Para Todos os Garotos. Os filmes, produzidos pela Netflix, são baseados nas histórias de três livros e têm como protagonista uma adolescente norte-americana de origem coreana. Para Lana, essa era sua grande chance de ter representatividade na TV.

"Eu queria muito, muito ser a protagonista num filme. Muito mesmo. E é triste o quão rápido eu tinha deixado isso de lado, achando que não seria possível pela minha aparência. Quando ganhei essa oportunidade, eu estava tão desesperada para conseguir esse trabalho! Lembro de pensar: 'Preciso conseguir esse papel porque preciso mostrar para as pessoas que a gente pode ser protagonista'. Se você só vê protagonistas brancas, acha que esse é o normal. Não deveria ser assim", afirma.

Lana tem 22 anos e nasceu no Vietnã. Ela foi adotada por uma família norte-americana aos cinco meses de vida e começou a carreira de atriz aos 19 anos.

Seu primeiro filme como protagonista foi Para Todos os Garotos que Já Amei, que fez um sucesso surpreendente para o gênero. Lana interpreta Lara Jean, uma garota ingênua e super-romântica, que começa a viver as confusões de sua vida amorosa.

Em Para Todos os Garotos: P.S. Ainda Amo Você, que estreia no próximo dia 12 na Netflix, Lara Jean continua namorando Peter (Noah Centineo), mas um antigo crush dela retorna a seu convívio e balança seu coração. 

"Eu acho que Lara Jean vive em sua própria cabeça, pensa demais. Nós [adultos], como telespectadores, podemos ver isso, mas espero que as meninas vejam também que ela começou a falar mais o que pensa. No primeiro filme, ela é muito boa em ser invisível, na dela. No novo filme, ela está um pouco mais confiante, o que é muito importante. Eu espero que as meninas que se inspiram nela sejam confiantes, ocupem mais espaços", opina.

Além do público, Lana espera que a grande repercussão da franquia agrade também os estúdios e distribuidores da indústria audiovisual. "Acho que o mais legal sobre Para Todos os Garotos é que o filme torna normal ter asiáticos em destaque. Os produtores podem pensar: 'Uau, esse é um filme de sucesso, podemos dar mais oportunidades para as pessoas'", espera.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook