Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

BASTIDORES

Netflix tenta atravessar contratação de Camilla de Lucas pela Globo e ouve não

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Sentada em cadeira no cenário do Encontro com Fátima Bernardes, Camilla de Lucas posa para foto

Camilla de Lucas no programa Encontro; a influenciadora preferiu fechar contrato com a Globo

DANIEL CASTRO, VINÍCIUS ANDRADE e GABRIEL VAQUER

dcastro@noticiasdatv.com

Publicado em 24/6/2021 - 18h12

A Netflix bem que tentou, mas não conseguiu atravessar a contratação de Camilla de Lucas pela Globo. Nesta quinta-feira (24), a vice-campeã do BBB21 foi anunciada como reforço da emissora. Durante o processo de negociação, a influenciadora digital foi seduzida por uma proposta do serviço de streaming, mas disse "não" para a gigante norte-americana.

O Notícias da TV apurou que a Netflix fazia planos para ter Camilla de Lucas como uma das estrelas de suas produções e ofereceu um contrato por obra, com um valor maior em relação ao que ela vai receber mensalmente pelos dois anos de contrato com a Globo, pois o pagamento seria feito em dólar.

O projeto era para que a artista apresentasse conteúdos ligados ao universo da moda e de realities. Os ganhos seriam de acordo com a produtividade. Para tentar convencer a influenciadora, a empresa usou como argumento a visibilidade internacional e a possibilidade de uma carreira no exterior, pelo alcance que a plataforma tem em mais de 190 países.

Além de contar com o talento de Camilla de Lucas e a potência dela nas redes sociais, uma das intenções da Netflix era aumentar a diversidade em relação ao elenco de artistas brasileiros, que conta com nomes como Marcos Mion, Eliana, Maisa Silva, Larissa Manoela, Leandro Hassum, Bruna Marquezine, Manu Gavassi, Klebber Toledo e Camila Queiroz.

A participante do Big Brother Brasil 21, no entanto, resolveu aceitar a proposta feita pela Globo. Os motivos? Realizar um sonho, conforme ela mesma admitiu em posts nas redes sociais, ter a estabilidade de um contrato longo e também como gratidão pela projeção que recebeu na emissora nos últimos meses. A informação sobre o interesse da Netflix foi antecipada pelo colunista Leo Dias, do Metrópoles, e confirmada pela reportagem.

Camilla de Lucas se junta a Juliette Freire e Gilberto Nogueira, que também foram contratados pela empresa após a passagem de sucesso pelo reality show. Gil está fazendo participações especiais em diferentes programas da casa, enquanto a paraibana virou embaixadora e tema de um documentário do Globoplay.

O acordo de Camilla prevê diferentes possibilidades de trabalho no Grupo Globo, mas já é certo que ela participará de produções no serviço de streaming e poderá realizar o sonho de ser atriz.

Para divulgar a novidade, a influenciadora compartilhou um vídeo no Instagram e afirmou que "a planta virou árvore", uma piada com o apelido que levou no BBB21. "É com extrema alegria que venho finalmente anunciar que volto pra comunidade com um contrato global", escreveu.

No Twitter, ela relembrou uma foto que havia compartilhado em 2018, quando foi assistir a um programa de Lázaro Ramos e "profetizou" que um dia seria contratada pela Globo. A nova estrela da emissora foi saudada pelo diretor J.B. Oliveira, o Boninho, nas redes sociais e virou notícia nas principais plataformas do grupo. Como prêmio pelo segundo lugar no BBB21, Camilla já havia recebido R$ 150 mil.

Veja abaixo os posts com o anúncio do novo contrato:


Leia também

Web Stories

+
Sex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de PantanalHarmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?