Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DESABAFO

Xuxa confessa a amigo que se sentiu mal ao encontrar menino de filme censurado

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Imagem de Xuxa Meneghel no Prêmio Multishow

Xuxa Meneghel no Prêmio Multishow 2021; apresentadora desabafou com amigo sobre filme

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 10/12/2021 - 19h04

Após reencontrar o ex-ator mirim Marcelo Ribeiro, Xuxa Meneghel lamentou as consequências da censura aplicada ao filme Amor, Estranho Amor (1982). A rainha dos baixinhos disse que se sentiu mal ao perceber que pode ter prejudicado a carreira do colega de trabalho com toda a polêmica em torno da produção.

De acordo com fonte do Notícias da TV, Xuxa contou a um amigo que a conversa com Ribeiro foi "muito boa". O ex-ator mirim afirmou que a censura não prejudicou o seu trabalho, que o assunto está superado, mas a possibilidade de o filme ter afetado negativamente a vida do rapaz fez com que a apresentadora se sentisse culpada.

O encontro entre os dois foi promovido por Pedro Bial, que lidera um documentário sobre a carreira de Xuxa. Para a produção do Globoplay, o jornalista já havia reunido a mãe de Sasha Meneghel com Marlene Mattos, sua antiga diretora; elas protagonizaram um rompimento conturbado no passado.

De acordo com informações da jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, Xuxa e Ribeiro assistiram a trechos do longa juntos. Na época da filmagem de Amor, Estranho Amor, Xuxa tinha 19 anos, e Ribeiro tinha 12. O trabalho deu origem a acusações de pedofilia e pornografia contra a loira.

Para que o filme não fosse exibido, Xuxa pagava anualmente US$ 60 mil (aproximadamente R$ 366,8 mil na cotação atual) pelos direitos do longa. Em 2018, após três décadas de pagamentos, a ex-titular do Dancing Brasil abriu mão da dívida recorrente e passou a incentivar as pessoas a verem a obra dirigida por Walter Hugo Khouri (1929-2003).


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.