Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

LANÇOU AUTOBIOGRAFIA

Whindersson Nunes se revolta com repercussão de livro: 'Não quero essa vida'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Whindersson Nunes, com os cabelos soltos, olha fixamente para a câmera

Whindersson Nunes: humorista lançou nesta semana a autobiografia Vivendo Como Um Guerreiro

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 17/12/2021 - 12h47

Whindersson Nunes se preocupou com a repercussão de sua biografia, intitulada Vivendo Como Um Guerreiro, lançada nesta semana. Na quinta-feira (16), o humorista pediu que os leitores não relacionassem sua obra apenas com o relacionamento que ele teve com Luísa Sonza. O youtuber não gostou das críticas que viu na internet.

"Eu cuidei tanto para não pensarem nada ruim, contei como ela me ajudou, até com minha autoestima, deixei bem claro que ela não tinha nada a ver com meu fundo do poço. De verdade, não me sinto seguro para falar mais nada, não quero mais essa vida pra mim", desabafou ele no Twitter.

Em um dos trechos da obra, Nunes falou dos problemas que teve com drogas e citou brevemente o término com a cantora. Para internautas, a presença dela no texto se tornou o foco. "Eu não fiz uma biografia para falar de Luísa. Isso deve ter duas páginas. Eu não falei mal dela, meu livro fala sobre minha vida inteira. Estou de saco cheio", revoltou-se.

O influenciador ressaltou ainda que Luísa estava sofrendo ataques diante da repercussão do livro e pediu que parassem de atormentar a artista. "Eu já falei com a Luísa, já pedi desculpas e entendi tudo. Só vocês fãs fazem a vida dela e a minha", disse.

Problemas com drogas

Em Vivendo Como Um Guerreiro, Whindersson Nunes revelou ter se "lançado no abismo" depois de terminar com Luísa Sonza, mas pontuou que ela não teve culpa por seu vício.

"Houve um período muito duro da minha vida em que eu não conseguia ficar sem as drogas. Teve um mês, quando o relacionamento com a Luísa terminou, que eu fiquei sem chão", escreveu. O comediante ressaltou que já usava drogas antes de conhecê-la.

"No dia em que eu encontrei a Luísa, eu estava virado de droga, não estava bem, estava em busca do que eu não sabia. Eu vinha de outro término, enfim, essa área da vida eu não domino mesmo, como podem perceber. Quando a vi, pela primeira vez, eu a vi no efeito da droga. Eu a vi meio que brilhando", relatou. 

Confira abaixo a repercussão no Twitter:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.