Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PERDA IRREPARÁVEL

Tatá Werneck admite que morte de Paulo Gustavo a devastou: 'Fiquei na m*'

FOTO: DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

A comediante Tatá Werneck sentada à bancada do Lady Night

Tata Werneck à frente do Lady Night; humorista pensou em adiar a sexta temporada da atração

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 21/11/2021 - 13h56

Tatá Werneck admitiu que a morte de Paulo Gustavo (1978-2021), uma das mais de 600 mil vítimas da pandemia de Covid-19, a deixou completamente sem chão. A comediante já pensava em adiar as gravações da nova temporada do Lady Night por conta da crise sanitária quando recebeu a notícia sobre o amigo. 

"Passou pela minha cabeça não gravar o programa. Primeiro, quando estava sem vagas em hospitais. Eu falei: 'para quê vou gravar agora?' E depois do Paulo não preciso nem falar", assumiu a comediante em entrevista à colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

A atriz revela que ficou insegura não só com a possibilidade de se contaminar nos bastidores da atração, que retomou os episódios inéditos no último dia 15. "Fico pensando: 'O Paulo, tão genial, generoso, incrível, foi embora. Por que eu mereço alguma coisa? Fiquei um tempo com a síndrome de impostora", acrescentou.

Tatá adiantou que se emocionou diversas vezes ao relembrar o colega de profissão durante as entrevistas. "Quando entrevistei a Juliette, não tinha como [não lembrar dele]. O dia em que ela ganhou [o Big Brother Brasil] foi o dia em que o Paulo morreu. Ainda estou muito sensível com isso", continuou.

Ela, porém, teve um cuidado redobrado para que o tom do programa não ficasse muito melancólico. "Não queria aparecer chorando, queria que fosse um momento de alegria, porque já está tudo tão pesado", disse a mãe de Clara Maria, de dois anos, fruto da relação com o ator Rafa Vitti.

"Já passei por momentos em que estava muito mal e precisava trabalhar, fazer comédia é meu ofício. Eu preciso aprender a tentar fazer com que as pessoas riam sendo um dia bom ou não para mim. Esse é meu trabalho", avaliou.

Muito religiosa, Tata se apegou a fé para não desistir e gravar a sexta temporada:

Lembro de eu criança falando que queria ser um instrumento, sabe assim? De falar: 'Quero chegar num lugar desanimado e animar, fazer uma pessoa que está triste ficar feliz'. Sei que é cafona falar isso. Ver uma pessoa rindo me dá muita alegria.

Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube para conferir nossos boletins diários, entrevistas e vídeos ao vivo


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.