Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DENÚNCIAS DE ABUSO

Sarah Jessica Parker teme 'ruína de seu legado' após acusações contra Chris Noth

DIVULGAÇÃO/HBO MAX

Os atores Chris Noth e Sarah Jessica Parker em cena da série And Just Like That...

Chris Noth e Sarah Jessica Parker em cena de And Just Like That...; atriz lamenta denúncias

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 29/12/2021 - 17h54

Estrela de Sex and the City (1998-2004) e And Just Like That..., Sarah Jessica Parker estaria temendo a "ruína de seu legado" após as acusações de abuso sexual contra Chris Noth, par romântico da atriz nas duas séries. Defensora das mulheres, a atriz teria relatado a uma pessoa próxima sua fúria com o escândalo.

De acordo com a revista US Weekly, uma fonte contou que intérprete de Carrie Bradshaw está de coração partido com as acusações feitas por mulheres que denunciaram comportamentos abusivos do ator que dá vida a Mr. Big na franquia Sex and the City. 

"Ela é ferozmente protetora de Carrie Bradshaw e está furiosa por ela e todos os outros no show terem sido colocados nesta posição. Não se trata de dinheiro, mas sim de seu legado. Carrie queria ajudar as mulheres e agora, sob sua supervisão, as mulheres estão dizendo que foram machucadas", relatou a pessoa próxima à atriz.

Ainda de acordo com a entrevista com a fonte anônima, tanto Noth quanto Mr.Big estariam mortos para Sarah --o personagem morre no primeiro capítulo de And Just Like That... após um ataque cardíaco. 

"Ela leva muito a sério o poder de ser Carrie Bradshaw. Grande poder vem com grande responsabilidade e, embora Sarah saiba que isso é sobre ele, não ela, ela sente que decepcionou a todos", completou o amigo ou amiga da estrela. A fonte ainda declarou ao tabloide que Sarah Jessica Parker desconhece os supostos incidentes e ainda processa todas as informações. 

Acusações contra Chris Noth 

Chris Noth, o eterno Mr. Big de Sex and the City (1998-2004), foi acusado de abusar sexualmente de duas mulheres em reportagem publicada pela revista The Hollywood Reporter, dos Estados Unidos, em meados de dezembro. Os crimes teriam sido cometidos em épocas diferentes.

De acordo com a publicação, as duas vítimas não se conhecem e entraram em contato com a revista separadamente, com meses de diferença. Para não sofrerem retaliações, elas tiveram seus nomes alterados no artigo.

Uma terceira mulher veio a público acusar Noth, e uma quarta possível vítima se manifestou em 23 de dezembro. A cantora e compositora Lisa Gentile afirmou durante uma entrevista coletiva que o recém-demitido da série The Equilizer a assediou em Nova York, em 2002. Segundo ela, o suposto agressor teria insistido em entrar em seu apartamento após lhe dar uma carona.

Noth negou as primeiras acusações de estupro, mas ainda não se manifestou publicamente sobre os relatos de Lisa Gentile. Em contato com a reportagem da revista Entertainment Weekly, seus representantes não responderam aos questionamentos.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.