Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ILHA DE BARBADOS

Rafinha Bastos retoma programa após acusações de pedofilia contra PC Siqueira

Reprodução/YouTube

Rafinha Bastos com camisa escrito Chapman University ao lado de PC Siqueira com camisa escrita Pink Floyd e capa do disco Dark Side of The Moon

Rafinha Bastos e PC Siqueira em vídeo do canal Ilha de Barbados; canal volta sem o youtuber

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 4/3/2021 - 17h13

Rafinha Bastos publicou na noite de quarta-feira (3) o primeiro vídeo do retorno do programa Ilha de Barbados, que comandava ao lado de Cauê Moura e PC Siqueira no YouTube. Em junho de 2020, os vídeos do canal foram desativados após o surgimento de acusações de pedofilia contra PC.

No retorno, apenas Rafinha Bastos e Cauê Moura continuam no projeto. A dupla evitou citar o nome de PC Siqueira. "Você já desconfia que tivemos alguns problemas no nosso percurso, pedras pelo nosso caminho, mas você já ouviu a gente falar disso", limitou-se a dizer o humorista.

"Essa mudança foi difícil pra caramba para nós, não foi fácil. A decisão de continuar o canal levou um certo tempo até a gente ficar confortável e tranquilo. Acho que a gente merece fazer isso", continuou Rafinha.

Cauê Moura ressaltou que espera que o retorno ajude a separar a imagem do Ilha de Barbados da acusação de PC Siqueira: "Achava muito triste que o último episódio do Ilha ficasse marcado com um acontecimento desses. A gente precisava continuar escrevendo a parada, não queria ficar com esse estigma pelos próximos 20 anos da minha vida, lembrar que um canal tão 'da hora' quanto esse acabou em uma situação triste."

Os vídeos, porém, seguirão sendo feitos em trio, mas desta vez com um "elenco rotativo", explicou Rafinha Bastos. Recentemente, Cauê chegou a dar spoilers sobre alguns dos nomes que já gravaram episódios com a dupla, como Igor 3K, do Flow Podcast, Felipe Castanhari, do Canal Nostalgia, e Lucas Inutilismo.

Acusações de pedofilia contra PC Siqueira

Em junho de 2020, houve o vazamento de supostas conversas atribuídas a PC Siqueira nas redes sociais. Nelas, o youtuber teria enviado fotos íntimas de uma menina de seis anos de idade para outra pessoa. Na ocasião, ele afirmou ser vítima de uma "articulação criminosa" e o caso passou a ser investigado pela Polícia Civil.

Considerado um dos primeiros youtubers de sucesso no Brasil, PC Siqueira chegou a desativar o seu canal, o MasPoxaVida, por conta do escândalo. A página foi reativada no último mês de novembro, sem o mesmo impacto, e o influenciador chegou a pedir doações a fãs para pagar contas.

Em fevereiro, o Notícias da TV teve acesso aos relatórios da perícia da Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC) que investigou o computador, HD externo, celular e videogame de PC Siqueira. Os documentos apontam que nenhuma evidência foi encontrada para incriminar o youtuber.

Assista ao primeiro vídeo da volta do Ilha de Barbados com Rafinha Bastos e Cauê Moura, sem a presença de PC Siqueira: 

Relembre também o comunicado sobre o fim do Ilha de Barbados feito em junho de 2020.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e confira o nosso boletim diário com os principais destaques do dia


Leia também

Web Stories

+
Bárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas OlimpíadasAna ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acaloradaFim de casamento e cirurgia perigosa: Como estão os vencedores do Power Couple Brasil

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?