Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ACUSADO DE PEDOFILIA

Após prestar depoimento à polícia, PC Siqueira ironiza: 'Quem ri por último, não ri melhor'

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

O youtuber PC Siqueira em vídeo publicado no canal Ilha de Barbados, do YouTube

PC Siqueira em vídeo publicado no canal Ilha de Barbados; youtuber é acusado de envolvimento com pedofilia

REDAÇÃO

Publicado em 18/6/2020 - 9h33

Acusado de envolvimento com pedofilia, PC Siqueira prestou depoimento à Polícia Civil de São Paulo e ironizou a polêmica com uma mensagem compartilhada nas redes sociais na quarta-feira (17). "Quem ri por último, não ri melhor. Não há tal coisa como é essa", filosofou o youtuber. Nas últimas semanas, viralizou na internet uma suposta conversa em que o influenciador diz ter gostado de receber fotos de uma criança pelada.

Pela ferramenta Stories do Instagram, PC escreveu um texto em um fundo preto. A mensagem seria uma indireta às pessoas que o estão acusando do crime de pedofilia. "Quem supostamente deveria rir por último, vai observar atônito os outros chorarem, quando tem tempo o suficiente pra ver que nada é engraçado. O único riso real é da ignorância. Toda outra forma de riso, é desespero", disse ele.

PC Siqueira é investigado pela 4ª Delegacia de Proteção à Pessoa, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), após áudios comprometedores do youtuber viralizarem nas redes sociais. Em uma das gravações, o produtor de conteúdo admite que "talvez tenha um traço de pedofilia".

Na segunda (15), a Polícia Civil de São Paulo ouviu o depoimento de PC Siqueira e de testemunhas do caso. As autoridades pediram informações às empresas que administram as redes sociais por onde circularam as denúncias para dar continuidade à investigação, de acordo com o jornal O Estado de S.Paulo.

Entenda o caso

No dia 10 de junho, um perfil anônimo do Twitter chamado Exposed Emo liberou uma gravação de tela de uma suposta conversa com PC Siqueira. Nos prints, o produtor de vídeos de 34 anos teria falado sobre uma amiga que enviava a ele fotos da filha de seis anos pelada.

Um dia após essa exposição, o youtuber emitiu um comunicado e afirmou que é vítima de uma "articulação criminosa" e que seria uma fake news criada para prejudicá-lo. Porém, na madrugada do dia 15, o ex-participante do reality O Aprendiz apagou a publicação.

No dia seguinte, um novo áudio vazou, no qual o youtuber dizia que "deve ter um traço" de pedofilia e assumia que havia ficado excitado ao ver a imagem de uma criança nua.

PC não voltou a se manifestar e sumiu do mapa. Quando se viu criticado publicamente por seus amigos, decidiu bloquear as redes sociais. O canal no YouTube, que ele criou em 2010 e o levou a se tornar apresentador da MTV no ano seguinte, já não está mais disponível para ser acessado. 

Confira a mensagem compartilhada por PC Siqueira no Instagram: 

TUDO SOBRE

PC Siqueira

Leia também

Web Stories

+
De vício em games a indicação ao Emmy: Como estão os atores de A ViagemVômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das OlimpíadasBárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas OlimpíadasAna ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguir

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?