Luto

Morre aos 69 anos João Carlos Barroso, ator e humorista da Globo

Divulgação/Globo

O ator João Carlos Barroso, que morreu nesta segunda (12) por complicações de um câncer - Divulgação/Globo

O ator João Carlos Barroso, que morreu nesta segunda (12) por complicações de um câncer

REDAÇÃO - Publicado em 13/08/2019, às 08h04

Morreu na noite de segunda-feira (12) o ator João Carlos Barroso. Ele sofria de câncer no pâncreas e não resistiu às complicações da doença. A notícia da morte foi confirmada nas redes sociais por amigos do ator. Barroso começou a carreira na Globo na década de 1960 e ficou conhecido por seus personagens cômicos em novelas e humorísticos.

Pelo Facebook, o ator Mário César Nogueira noticiou a morte do amigo: "É com imensa tristeza que recebo esta notícia. Nosso grande amigo. João Carlos Barroso - Barrosinho. Colega de profissão e de grandes lutas. Parceiro de futebol dos artistas inúmeras vezes, nos deixou. Que Deus o receba em seu reino de luz. Meus sentimentos à família".

Guiga Lima, sobrinha de Barroso, também fez um post no Instagram para se despedir do ator. "Descanse em paz tio querido! Pessoa mais bondosa e carinhosa que já conheci, tanto amor pela família que não cabia em você, você sempre se preocupou antes com os outros e com você por último né? Tão carismático, mas tão tímido, tinha vergonha de andar por aí pois toda hora era parado por algum fã (risos) e ficava todo vermelho! Tão querido, um artista exemplar que é raro de se ver hoje em dia", escreveu.

Barroso nasceu no Rio de Janeiro em 1950 e iniciou a carreira em 1961. Aos 11 anos, foi visto jogando futebol na rua e convidado para fazer um teste e trabalhar no filme Pedro e Paulo, uma co-produção argentino-brasileira, em que atuou ao lado de Jardel Filho (1928-1983), Francisco Cuoco, Jece Valadão (1930-2006), entre outros.

Foi Cuoco quem apadrinhou o garoto e o levou para o teatro, onde interpretou diversas peças. Barroso também se tornou dublador de filmes e séries de televisão.

A estreia dele na TV aconteceu em 1965,  na série Rua da Matriz, da Globo. A primeira novela foi O Bem Amado (1973), em que viveu o filho do personagem de Lima Duarte.

Na emissora, Barroso fez várias novelas e personagens marcantes --os mais populares foram o Tavico de Estúpido Cupido (1976) e o Toninho Jiló de Roque Santeiro (1985). Também esteve em O Salvador da Pátria (1989), Mulheres de Areia (1993) e O Clone (2001), por exemplo.

Como humorista, Barroso atuou em Os Trapalhões (1978) e ficou no elenco do Zorra Total durante muitos anos: de 2002 a 2015. Fez ainda esquetes do Zorra, após a reformulação do programa, entre 2015 e 2016. A última participação de Barroso na TV foi em Sol Nascente (2016), como o delegado Mesquita. Informações sobre o velório do ator ainda não foram divulgadas.

Nas redes sociais, amigos e familiares têm publicado depoimentos em homenagem a ele. André Gonçalves postou: Barrosinho... Que saudades... Meus sentimentos à família e aos amigos". "Puxa vida, ano de despedidas esse..... João Carlos Barroso, que Deus te receba em paz!", comentou Junno Andrade.

Tássia Camargo também relembrou o amigo: "João Carlos Barroso foi-se tão cedo. Grande amigo e ator. Trabalhamos juntos nas novelas Pão Pão, Beijo Beijo e Salvador da Pátria, mas nossa amizade não ficava aí. Sempre brincava com ele dizendo, você não envelhece menino??!!! Ele sempre sorria com sua gentileza de sempre. Um homem do bem e com grande humor. Que a família sinta-se abraçada. Quando eu chegar vamos rir muito. Saudade e até já".

Confira algumas despedidas de amigos e familiares a Barroso nas reeds sociais:

 

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Barrosinho...que saudades...meus sentimentos a família..e aos amigos ..

Uma publicação compartilhada por André Gonçalves (@andregoncalvesoficial01) em

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Descanse em paz tio querido! Pessoa mais bondosa e carinhosa que já conheci, tanto amor pela família que não cabia em você, você sempre se preocupou antes com os outros e com você por último né? Obrigada pela sua generosidade de alma, pelos seus sorrisos largos, abraços e pelo seu imenso carinho! Tão carismático mas tão tímido, tinha vergonha de andar por aí pois toda hora era parado por algum fã hahaha e ficava todo vermelho! Tão querido, um artista exemplar que é raro de se ver hoje em dia. Minha paixão por azul e verde devo a você, me lembro eu bem pequena na sua casa eu adorava suas coleções e decorações tudo azul e verde! Eu sempre falava quero ser atriz, me leva com você e nunca deixou, mas me levou pra passear na cidade cenográfica e nunca esqueci desse dia! Recentemente você estava cantando, fazendo aulas e estava muito feliz, isso é o que importa no final de tudo! O céu está em festa aguardando a sua chegada hoje ao som de Dire Straits, com muito futebol, cantoria e sorrisos! A saudade é eterna e você mora pra sempre em nossos corações! Te amo infinito ❤️❤️❤️❤️❤️🙏🏽🙏🏽🙏🏽🙏🏽🙏🏽 #joãocarlosbarroso #rip #love

Uma publicação compartilhada por Sigaguiga (@sigaguiga) em

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook