Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NOVA 'COACH'

Medina acusa COB de prejudicá-lo após vetar Yasmin Brunet nas Olimpíadas

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Imagem de Gabriel Medina (à esq.) e Yasmin Brunet com uma prancha no mar

Gabriel Medina e Yasmin Brunet em foto nas redes sociais; surfista reclamou de decisão do COB

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 28/6/2021 - 9h14

Gabriel Medina acusou o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) de tentar prejudicá-lo ao vetar o credenciamento de Yasmin Brunet como parte de seu estafe para as Olimpíadas de Tóquio. O surfista alegou que sua mulher faz o trabalho que antes era de seu padrasto, Charles Saldanha, e reclamou que outros atletas não foram barrados de levar pessoas de convívio íntimo como equipe.

"Está sendo um desgaste enorme brigar pelos meus direitos", afirmou ele, em entrevista ao jornal O Globo. O atleta explicou que no ano passado, antes de os jogos serem adiados por causa da pandemia da Covid-19, ele havia enviado os nomes e especificações de sua equipe, que não é mais a mesma.

Também por causa da pandemia, o COB pediu que ele enviasse apenas dois nomes de seu estafe, com especificações de cargo, mas o número seria limitado a apenas uma pessoa credenciada para viajar como coach para competição esportiva.

Medina argumentou que entre as funções de Yasmin como coach estão filmar suas competições e o desempenho de seus adversários, fazer análises e estatísticas a partir das imagens, além de um preparo mental para as provas, suporte nutricional e responsabilidade pelas logísticas de acomodação e deslocamento. "Ela tem funções, e o COB irá me prejudicar muito", declarou.

O Comitê Olímpico aprovou a ida de Andy King como seu técnico --ele acompanhou as últimas cinco competições do surfista. Originalmente, Gabriel havia credenciado seu padrasto, que foi também seu técnico durante toda a sua carreira até o fim de 2020, quando ele rompeu com a família por questões relacionadas ao seu casamento com Brunet.

"Não é pré-requisito ter formação acadêmica para integrar um estafe do surfe. Assim como o Charles não tinha formação nenhuma", alegou ele. "A Yasmin sempre foi minha primeira opção depois que parei de trabalhar com o Charles. Pensei no Andy se fossem duas vagas", completou.

Medina também comparou sua situação com a da surfista Tatiana Weston-Webb, que irá levar o marido, Jesse Mendes, como parte de seu estafe. Apesar de não ter nenhuma formação técnica, o companheiro da atleta tem uma carreira consolidada e já disputou etapas de elite do surfe mundial.

Resposta do COB

Para justificar o veto a Yasmin, o Comitê Olímpico Brasileiro alegou questões conceituais internas, preservação de imagem tanto do atleta quanto das instituições representadas e utilização de recurso das Loterias. Segundo a Folha de São Paulo, as reclamações de Medina não estão sendo bem vistas nem pelo COB nem pelos atletas.

O comitê, inclusive, espera que essa situação sirva de exemplo para que outros competidores não façam pedidos semelhantes.


Leia também

Web Stories

+
Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13Vereda Tropical no Globoplay: Veja por onde andam cinco atores sumidos da novelaGlobo Esporte, Zero 1 e BBB: Confira trajetória de Tiago Leifert na GloboRejeição, tristeza e alcoolismo: Cinco personagens que sofreram com depressão

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do elenco de A Fazenda 13?