Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ENTREVISTA

'Me arrependo demais', assume Natália sobre relação com Eliezer no BBB 22

DIVULGAÇÃO/JU COUTINHO

Foto do rosto de Natália Deodato

Natália Deodato participou do BBB 22; a modelo se relacionou com um colega de confinamento

GABRIELA RODRIGUES

gaby@noticiasdatv.com

Publicado em 21/5/2022 - 6h40

Perto de completar um mês do fim do BBB 22, Natália Deodato assume que não deveria ter se relacionado com Eliezer Netto, seu colega de confinamento no reality da Globo. A modelo chegou a essa conclusão após assistir a algumas cenas do programa. "Foi até legal, mas me arrependo demais de ter ficado com ele", dispara. 

Em entrevista ao Notícias da TV, a mineira rebate os ataques por ter feito sexo com o empresário dentro da casa mais vigiada do Brasil e nega se sentir envergonhada com as cenas quentes embaixo do edredom

"Não me arrependo do ato em momento algum, afinal, sou um ser humano, até os animais transam. Detesto falso conservadorismo e hipocrisia. Nas condições de confinamento, a pessoa decide se quer ou não [fazer], eu quis e está tudo certo", avalia. 

Sobre seu envolvimento com Eliezer, Natália é objetiva e assume que não deveria ter se relacionado com o carioca, mas reforça seu carinho pelo ex-brother. "Foi até legal, mas me arrependo demais de ter ficado com ele, ele é uma pessoa maravilhosa, mas, hoje, vendo tudo, eu teria mantido [a relação] na zona de amigo ou talvez nem nisso."

Análise do jogo 

Natália também afirma que se arrepende por não ter agido de outra maneira durante sua passagem pelo Big Brother Brasil 22. Para ela, um jogo menos centrado nas relações poderia tê-la impulsionado até a grande final. "Fui muito emotiva em um lugar onde não se pode ter emoção. Fui de verdade onde a mentira reina. A verdade assusta e afasta. Deveria ter sido totalmente racional", explica. 

Ao falar sobre o campeão Arthur Aguiar, a modelo evita as alfinetadas, mas admite a frustração por não ter levado o prêmio de R$ 1,5 milhão para casa:

Tudo foi como deveria ser. Esse dinheiro mudaria completamente a minha vida, é óbvio que eu acho que eu deveria ganhar. Mas parabenizo demais o Arthur. Claro que, obviamente, entre os três finalistas, eu teria ficado mais feliz se fosse o Douglas [Silva], mas Deus faz tudo perfeito.

"Não me arrependo em nada, participaria novamente, mas com uma visão mais apurada. A rejeição das pessoas foi o mais difícil de enfrentar, mas a pior parte de lidar foi quando duvidei do meu valor", completa Natália. 


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.