Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SOLIDARIEDADE

Gregorio Duvivier pede dinheiro para ajudar família de cineasta morto no RJ

Reprodução/Instagram

Montagem: Gregorio Duviver de terno azul; Cadu Barcellos de camisa estampada

Gregorio Duvivier trabalhava com Cadu Barcellos no Greg News; cineasta foi morto a facadas no RJ

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 12/11/2020 - 9h27

Gregorio Duvivier usou seu perfil no Twitter para pedir dinheiro para ajudar a família de Cadu Barcellos, assassinado na quarta-feira (11) no Rio de Janeiro. O cineasta era assistente de direção do programa Greg News, da HBO. O humorista contou que foi criada uma plataforma de doação pela internet.

"Cadu era um pai apaixonado. E tinha a família mais linda do mundo. Quem quiser ajudar a família pode contribuir aqui", escreveu o comediante, apontando o link do site de doação (https://www.cadubarcellos.bonde.org/). Os internautas podem colaborar com valores que variam de R$ 35 a R$ 1 mil.

A ideia principal da campanha é arrecadar verba para ajudar nos estudos do filho de Barcellos, Bernardo, de apenas dois anos, até ele completar 18 anos. O cineasta também deixou a mulher, Gabriela Alves.

"Não podemos aliviar a dor que essa perda gera na família, mas podemos nos unir para ajudar seu filho de dois anos, Bernardo. Nosso objetivo é criar um fundo que doaremos para a mãe do Bernardo e esposa de Cadu, Gabi, para cobrir os gastos com a escolaridade do Be até ele fazer 18 anos. Se você puder, ajude. É um pequeno gesto de solidariedade em homenagem ao Cadu, da parte das muitas pessoas que ele tocou", diz a descrição da campanha.

Gregorio Duvivier também trabalhou com Cadu no Porta dos Fundos. "Assassinaram um amigo, um parceiro de trabalho, uma das melhores pessoas que eu já conheci na vida. Um ser humano bom. Brilhante. Família. A morte do Cadu Barcellos deixa um buraco do tamanho do mundo", disse o artista.

Morte trágica

Cadu Barcellos foi esfaqueado na madrugada de quarta(11), aos 34 anos, no centro do Rio de Janeiro. A morte está sendo investigada pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), e um inquérito foi aberto para apurar as circunstâncias do crime.

O cineasta chegou a ser visto gritando por socorro por volta das 3h30, mas caiu alguns metros à frente e morreu no local. Ele era morador do Complexo da Maré, zona norte da capital fluminense.

Entre os principais trabalhos de Cadu estavam o curta-metragem Feira da Teixeira (2006) e o programa Crônicas das Cidades (2007), exibido no canal Futura. Ele também dirigiu o episódio Deixa Voar, que compõe o longa Cinco Vezes Favela – Agora Por Nós Mesmos (2010).


Leia também

Web Stories

+
42 anos depois: Por onde anda o elenco da novela Pai Herói?A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do reality

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?